Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES – ARAÇATUBA

Morreu neste sábado o ex-vereador de Birigui João Flávio Marin Salmeirão. O sepultamento ocorreu na manhã desse sábado, no Cemitério da Saudade. Ele faleceu de problemas cardíacas, mas há suspeita de coronavírus. Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, como Marin estava com falta de ar, foi feita coleta de material para exame de covid-19.

Nascido em Tupã, Marin tinha 71 anos de idade, era solteiro e teve participação política local nas últimas três décadas.

Sobrinho do ex-prefeito Pedro Marin Berbel, que governou a cidade por dois mandatos (1977-82 e 1989-92), Marin exerceu três mandatos de vereador. O primeiro foi na legislatura de 1997 a 2000 entre 2001 e 2004, sendo presidente no último biênio, quando filiado ao PTB.

Após um quadriênio sem atuação na Casa, foi eleito novamente para o mandato 2009-2012, pelo PT. Nesse período, chegou a ser líder do governo do então prefeito Wilson Borini.

Sua última participação como vereador aconteceu em 2013, quando ocupou, por apenas um dia, a cadeira do então vereador Ricardo Kumazawa (PT). Na ocasião, Marin chegou a participar da sessão ordinária de 19 de março de 2013.

No segundo governo de seu tio, foi chefe de gabinete da Prefeitura.

MANIFESTAÇÕES

A morte de Marin provocou uma série de manifestações. Em sua página no Facebook, o ex-vereador Paulo Bearari (PT) escreveu: “Foram quatro anos de muito aprendizado ao lado desse grande vereador. Eu ainda muito jovem eleito pela primeira vez tive a honra de o prazer de conviver com uma das pessoas mais integras e comprometidas de nossa cidade. Seus cabelos brancos e minha juventude fizeram com que nosso partido fosse muito bem representado”.

Presidente local do partido Patriotas, o servidor legislativo Celso Mantovani destacou a postura combativa, uma marca de Marin. “Marin foi para mim um exemplo de parlamentar, íntegro, honesto e jamais se envolveu com algo ilícito. Tinha extremo zelo com a aplicação dos recursos públicos, foi sempre um vereador combatente. Como presidente da Câmara Municipal, teve todo o seu mandato voltado à economicidade dos recursos da Câmara. Com certeza, irá deixar saudades a todos que o conheceram”, afirmou ao LIBERAL.

LUTO

O prefeito Cristiano Salmeirão (PTB) declarou luto oficial de três dias na cidade. “Foi uma pessoa que realmente sempre se preocupou em fazer o melhor para a cidade de Birigui. A política biriguiense perde uma pessoa que só lutou, pensando na cidade em primeiro lugar”, declarou o chefe do Executivo.

Ele lembrou que Marin lhe deu a primeira oportunidade de assumir uma cadeira no Legislativo, na condição de suplente. “Fiquei 30 dias e, de lá para cá, consegui ser presidente da Câmara e prefeito. Posso dizer, então, que ele deixou um legado de honestidade e humildade”, afirmou o prefeito.

O ex-vereador teve ainda diversas profissões como bancário, gerente de loja e vendedor.


Compartilhe esta notícia!