Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – BIRIGUI

Mais uma vez, a Prefeitura de Birigui está pedindo ajuda da população para que os moradores não se esqueçam de separar o vidro do lixo doméstico deixado em frente das residências. Nos últimos dias, dois coletores de lixo tiveram cortes: um na perna, que necessitou de três pontos, e outro na mão, que necessitou de sete pontos.

Na sexta-feira (22), m coletor do setor de limpeza pública sofreu acidente na avenida Governador Pedro de Toledo, região central da cidade. O acidente ocorreu em decorrência de uma garrafa de café quebrada, que causou um corte na perna do coletor. Já na segunda-feira (25), no Residencial Santa Luzia, outro coletor teve a mão direita cortada. O acidente ocorreu porque os vidros não foram separados (embrulhados) e estavam no saco plástico.

Além dos problemas físicos, os servidores ficarão afastados com atestado de 10 dias, desfalcando a equipe de coletores do setor de limpeza pública.

Segundo o chefe de serviço de coleta de resíduos sólidos e domiciliares, Marcos José de Carvalho, o vidro pode ser descartado normalmente pelos moradores, porém deve ser separado do lixo doméstico.

“O cidadão que separa o vidro do lixo doméstico está respeitando o trabalho do coletor, que ajuda a deixar a cidade limpa. Em caso de vidro quebrado, a pessoa deve colocar em uma caixa de sapatos ou embrulhar em papel jornal. Outra dica é cortar a caixa de leite e colocar os vidros dentro”, disse o chefe de serviços da Prefeitura de Birigui.

Também é indicado escrever na caixa a palavra “VIDRO”, visando preservar a saúde dos coletores do lixo doméstico (ou escrever CUIDADO – VIDRO).

A Prefeitura de Birigui realiza diariamente a coleta de lixo na cidade. Quatro caminhões percorrem 11 linhas. Por semana, 700 toneladas de lixo doméstico são retiradas das ruas.

Segundo a Secretaria de Serviços Públicos, 41 profissionais atuam na coleta, mas o número cai em função de acidentes de trabalho, aposentadorias, afastamento médico e férias.


Compartilhe esta notícia!