Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – PENÁPOLIS

A partir de quinta-feira (21), o Paço Municipal e a Santa Casa de Misericórdia passam a ser abastecidos com energia solar fotovoltaica, em um projeto de eficiência energética desenvolvido pela CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz). A concessionária de energia estima que na Santa Casa haverá economia de 20% e no Paço Municipal, 31% de redução na conta de energia.

O projeto é gratuito para clientes do Poder Público. Nesta quinta-feira (21), foi finalizada a interligação na rede de energia. No Paço Municipal foi instalado um sistema fotovoltaico de 61.6 kWp (kilowatt pico), com 228 módulos. Com o novo sistema, haverá uma economia de 31% na conta de energia da sede da Prefeitura de Penápolis.

Segundo o engenheiro de Eficiência Energética da CPFL, Juliano Garcia Campos, foi necessário um reforço estrutural no telhado. “No prédio da Prefeitura foi realizado um reforço estrutural, pois o telhado, apesar de excelente estado de conservação, não foi construído para receber o peso adicional do sistema fotovoltaico”, explicou.

Ainda segundo o engenheiro da CPFL, a intenção original era instalar todo o sistema fotovoltaico na Santa Casa. “Porém por questões técnicas não foi possível, assim direcionamos para a Prefeitura parte deste sistema”, contou Campos.

 

Santa Casa

Para atender o hospital, foi instalado um sistema fotovoltaico de 49,5 kWp, com 183 módulos. O sistema de placas solares foi instalado em uma área de cerca de mil metros quadrados, localizada aos fundos do hospital.

Com o sistema, haverá economia total de 20% com gastos de energia. Essa economia de energia elétrica é suficiente para fornecer energia a 86 residências por mês durante um ano.

Além da instalação do sistema fotovoltaico, o projeto da CPFL ainda abrangeu a troca do sistema de iluminação interna do hospital. As lâmpadas antigas foram substituídas por 916 lâmpadas de LED que possuem uma vida útil cinco vezes maior que a tecnologia fluorescente.  A iluminação em LED ainda oferece fluxo luminoso até 30% maior e traz ganhos na manutenção e na reposição.

O investimento só foi possível após a Prefeitura de Penápolis assumir a dívida do hospital com a concessionária de energia, no valor de aproximadamente R$2 milhões. Em dezembro de 2017, a Prefeitura de Penápolis assumiu a dívida da Santa Casa de Misericórdia com a CPFL, no valor de R$1.929.120,00.

O pagamento é efetuado em 120 parcelas de aproximadamente R$16 mil, conforme prevê a Lei 2240/17. O parcelamento foi formalizado junto à concessionária de energia também em dezembro de 2017.

A7 Prefeitura


Compartilhe esta notícia!