Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

A Alesp, Assembleia Legislativa de São Paulo, deve votar hoje, a partir das 14h30, em sessão extraordinária feita por videoconferência, o projeto de lei 351/2020 que antecipa o feriado estadual de 9 de julho, quando é comemorada a Revolução Constitucionalista de 1932, para a próxima segunda-feira, dia 25 de maio. O projeto é de autoria do governador de São Paulo, João Dória (PSDB), e tem como objetivo elevar o índice de isolamento social nos municípios do estado como forma de conter o avanço do novo coronavírus.

A urgência do projeto foi aprovada pelos deputados estaduais por 60 votos a favor e 21 contrários na última terça-feira e ontem a proposta foi analisada pela Comissão de Constituição e Justiça.

CAPITAL

A cidade de São Paulo antecipou feriados e desde ontem a cidade está com atividades paradas. Caso os deputados aprovem hoje a antecipação do feriado, a capital terá seis dias consecutivos de paralisação.

Araçatuba e Andradina não anteciparão feriados, Lins estuda a possibilidade

A prefeitura de Araçatuba informou que não irá seguir o ocorrido na Capital Paulista, onde o prefeito Bruno Covas (PSDB) antecipou dois feriados municipais, de Corpus Christi, que seria em 11 de junho, e da Consciência Negra, que seria em 20 de novembro, para ontem e hoje, respectivamente.

Em caso de aprovação do projeto de Dória na Alesp, haverá a recomendação para que municípios do interior antecipem ao menos dois feriados municipais para terça e quarta-feira, para emendar no feriado estadual. De acordo com o governo do estado, esta é uma tentativa de manter o máximo possível de pessoas em casa, para diminuir a chance de contágio pela covid-19.

De acordo com a assessoria de imprensa do executivo municipal de Araçatuba, a prefeitura não irá antecipar os feriados, porém, irá seguir o projeto de antecipação do feriado estadual proposto pelo governador.

Araçatuba ainda tem três feriados municipais em 2020. Além de Corpus Christi e Consciência Negra, ainda tem o aniversário do município, no dia 2 de dezembro.

Andradina também não pretende antecipar feriados. De acordo com a assessoria de imprensa do município, os três feriados municipais, incluindo o aniversário da cidade em 11 de julho, seguirão em suas datas normais.

Já em Lins, a prefeitura discute com vários setores da sociedade a antecipação do feriado de Corpus Christi, do dia 11 de junho, e do padroeiro do município, comemorado em 13 de junho. Uma decisão deve ser tomada ainda nesta semana sobre o assunto.

Governador fala em flexibilização a partir do dia 1º de junho

Em entrevista à rádio Jovem Pan, na manhã de ontem, o governador João Dória não mencionou a possibilidade de prorrogar a quarentena após o dia 31 de maio, e afirmou que a flexibilização do comércio deve começar pelas cidades que ainda não registraram casos de covid-19.

De acordo com o chefe do executivo estadual, as cidades atingidas pela doença, mas que possuem a situação controlada com relação às vagas em leitos nos hospitais, também devem ter um modelo para flexibilização das atividades comerciais. “Haverá um período, sim, a partir de Primeiro de junho em fases escalonadas, cuidadosas, zelosas e isso feito com o setor privado para a flexibilização. Mas quando possível. Neste momento, não”, disse Dória.


Compartilhe esta notícia!