Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Um rapaz de 24 anos com um tumor cerebral foi operado nesta quinta-feira (14/5) no primeiro procedimento realizado pela equipe de neurocirurgia da Santa Casa de Araçatuba com o Microscópio TIVETO 700, da Zeiss, fabricante alemã, que lançou essa nova tecnologia no Brasil no final do ano passado.

Totalmente digital e com tecnologia 4K que permite aos cirurgiões visualização do campo cirúrgico em altíssima resolução, o equipamento custou R$ 499,5 mil e foi adquirido pelo Santa Casa de Araçatuba com recursos de emendas parlamentares apresentadas pelo deputado federal Guilherme Mussi (R$ 400 mil) e o senador Major Olímpio (R$ 100 mil) que na época cumpria mandato na Câmara dos Deputados.

O equipamento “possui sistema de articulação totalmente motorizado que oferece mais precisão e segurança às cirurgias em tumores cerebrais e aneurismas cerebrais”, explica o neurocirurgião Rodrigo Mendonça, coordenador do Serviço de Neurocirurgia da Santa Casa de Araçatuba.

A precisão do novo equipamento foi confirmada durante a primeira cirurgia realizada hoje. O procedimento foi realizado em três horas, duas horas a menos em relação aos procedimentos realizados com o equipamento anterior.

“A precisão do novo microscópio diminui o tempo cirúrgico e a utilização de anestésicos, favorecendo recuperação mais rápida do paciente”, detalhou Mendonça.

Foi exatamente para oferecer mais segurança aos pacientes e tecnologia de ponta, que Rodrigo Mendonça esteve pessoalmente com o deputado Guilherme Mussi para pleitear os recursos necessários para a aquisição pelo hospital. As duas emendas que possibilitaram a compra foram pagas em janeiro deste ano.

Com o segundo maior volume de cirurgias realizadas pela Santa Casa de Araçatuba, o Serviço de Neurocirurgia terá no Microscópio TIVETO 700 um importante aliado nos procedimentos cirúrgicos de tumores cerebrais e aneurismas que representam boa parte da demanda cirúrgica da especialidade.

O aparelho oferece ao cirurgião ampla liberdade de posicionamento, especialmente na utilização de instrumentos longos, quando é possível contar com distância de trabalho de 200 a 625 mm com foco contínuo.

Para o diretor técnico da Santa Casa de Araçatuba, Giulio Stanco Coscina Neto, o novo equipamento representa importante avanço para o hospital “e um instrumento fundamental ao neurocirurgião e mais agilidade e precisão às cirurgias”


Compartilhe esta notícia!