Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

A quarentena, prorrogada ontem pelo governador de São Paulo, João Dória (PSDB), tem prejudicado os negócios de quase todos os seguimentos. Mesmo aqueles que continuaram abertos durante todo o período acabaram sentindo a diminuição no movimento e a queda nas vendas.

O empresário araçatubense Rafael Taveira, proprietário da Impacto Prime, localizada na Avenida Brasília próxima à entrada do município, afirmou que apesar do alívio inicial de poder manter seu estabelecimento aberto após o decreto de quarentena, as semanas seguintes acabaram sendo de prejuízo nas vendas.

Especializado em venda de pneus, alinhamento e balanceamento, o estabelecimento teve uma queda de 70% nas vendas do seu principal produto. “A gente manteve aberto durante todo esse tempo, não precisou fechar, mas a questão do movimento caiu 70% pro que eu atendia antigamente, eu atendia em torno de uns 30 ou 40 carros por dia, hoje eu estou atendendo 10, 12 carros, e dependendo do dia até menos”, afirmou Rafael, dono da loja.

Segundo ele, ajustes nos veículos ainda estão sendo feitos com certa frequência, mas a venda de pneus tem sido adiada pelos seus clientes, que estão evitando fazer contas durante a pandemia. “O que mais caiu para mim foi venda de pneus, arrumar o carro a pessoa ainda vem. Mas venda de pneu caiu bastante. Porque para arrumar as vezes o carro não funciona, começa a fazer um barulho, o cliente ainda vem para tentar arrumar ‘olha, ajeita só isso aqui pra mim e está certo’, mas venda de pneus caiu muito”, contou.

Lojista tenta alternativa para driblar a crise

Por conta da queda nas vendas, o empresário tentou criar uma alternativa para driblar a crise, que, segundo ele, tem funcionado nos últimos dias. Rafael afirma que passou a oferecer mais vantagens para o consumidor que optar realizar compras e serviços neste momento. “Questão do alinhamento e balanceamento a gente está dando agora 1 ano de garantia, de três em três meses pode voltar na loja pra alinhar e balancear e isso não tem custo durante o ano inteiro”, afirmou ele, que ainda completou dizendo que o resultado tem sido satisfatório após o anúncio da promoção.

Taveira ainda completou dizendo que está mantendo seus pneus em promoção, mesmo com o aumento de preço por parte dos fornecedores, para incentivar à compra.


Compartilhe esta notícia!