Home Cidades Araçatuba ‘Está tudo tranquilo, mas a gente precisa se precaver’, diz prefeita de Castilho

‘Está tudo tranquilo, mas a gente precisa se precaver’, diz prefeita de Castilho

3 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – CASTILHO

Em entrevista exclusiva concedida à equipe do SRC, a prefeita Fátima Nascimento comemorou a situação tranquila do município de Castilho quanto à covid-19. Ela, porém, afirma que está mantendo uma política de prevenção para manter os bons resultados até o momento. “Está tudo tranquilo, mas a gente precisa se precaver, por isso estamos inaugurando esta ala e tomando todos os cuidados e fazendo todas as ações”, disse a prefeita.

Já está em funcionamento desde a última sexta-feira a novela ala do Hospital José Fortuna, em Castilho, especial para pacientes com sintomas da covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.

Pacientes com síndrome gripal e sintomas como febre e tosse podem procurar o hospital para atendimento. São ao todo 9 leitos com respiradores, sendo que a prefeitura de Castilho irá custear o atendimento por três meses com R$ 60 mil em cada um.

A prefeita Fátima Nascimento explica que a intenção é poder tratar os moradores de Castilho na própria cidade para não sobrecarregar o hospital regional em Andradina. “Nós temos o hospital José Fortuna, que nos atende aqui em Castilho, e temos o hospital de Andradina, pra não superlotar em Andradina então nós fizemos uma parceria com o hospital José Fortuna onde ele terá 9 leitos há disposição do nosso município para atender todos os nossos munícipes que for preciso atendimento para covid-19”, explicou Fátima em entrevista ao SRC durante a inauguração.

A chefe do executivo também lembrou da barreira sanitária, que é outra medida da prefeitura para manter baixos os índices de contaminação do coronavírus no município. “É uma maneira da gente estar cuidando dos nossos munícipes, higienizando os carros, verificando o estado febril da pessoa, as condições que ele está entrando em nossa cidade”, completou.

Castilho recebeu também mais de 200 testes rápidos para diagnosticar o coronavírus que já estão sendo utilizados no município. Ao todo, a prefeitura investiu R$ 29 mil na compra destes testes. (Colaborou Gustavo Trevisan)


Compartilhe esta notícia!