Home Cidades Araçatuba Região é a que menos teve mortes por coronavírus no Estado

Região é a que menos teve mortes por coronavírus no Estado

9 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES – ARAÇATUBA

De todas as regiões do Estado de São Paulo que já tiveram mortes por causa do novo coronavírus, a de Araçatuba é a que menos registrou óbitos. Levantamento divulgado ontem pela Secretaria de Estado da Saúde cita apenas uma para o território – uma idosa de 84 anos de idade, na própria cidade de Araçatuba.

O balanço, no entanto, não menciona as perdas vida ocorridas em Penápolis e Mirandópolis. Mesmo se somadas, no cômputo geral, a região ainda ficaria na última posição nesse ranking. Em todo o Estado, apenas a região de Franca não registrou mortes por covid-19.

Lins, cidade onde também circula o jornal O LIBERAL REGIONAL, já teve três mortes. Mas, administrativamente, a cidade integra a região de Bauru.

A posição da região de Araçatuba veio em balanço divulgado ontem pelo governo estadual que apontou que o número de mortes pelo novo coronavírus cresceu 21 vezes no interior, litoral e na Grande São Paulo. Até essa quinta-feira, em todo o território paulista, já haviam sido confirmadas 1.345 mortes por coronavírus. Desse total, 433 (ou seja, 32%) ocorreram naquelas três regiões do Estado.

A estatística revela que, no dia 1º de abril, eram apenas 20 mortes fora da capital. Embora a cidade de São Paulo ainda concentre a maior parte dos óbitos, esse percentual caiu de 87% para 67% neste mês.

Depois da Grande São Paulo, a região com maior mortalidade é a Campinas, com 45 óbitos. Na sequência, a Baixada Santista, com 31; Bauru (18); Ribeirão Preto e Sorocaba, com 16 mortes cada. No Vale do Paraíba, são 13. Em São José do Rio Preto, 11. Há dez ou menos mortes em Presidente Prudente (10); Piracicaba (9); Araraquara (6); Registro (5); São João da Boa Vista (5); Marília (4) e Barretos (3).

PIOR DIA

Em todo o Estado, houve aumento de 211 óbitos nas últimas 24 horas. Esse é o maior número já confirmado nesse intervalo de tempo, sendo mais de oito vítimas da doença por hora, desde quarta-feira.

Hoje, são 114 cidades com pelo menos uma vítima da covid-19. São Paulo tem ainda 16.740 casos confirmados da doença, distribuídos em 256 municípios.

Em todo o Brasil, são 49 mil casos confirmados e 3.313 mortes.

 

Maior cidade não acompanha ‘explosão’ em SP

Ao contrário do Estado, que viu uma “explosão” de novos casos nas últimas 24 horas, a cidade de Araçatuba registrou, nesse período, o acréscimo de apenas um paciente com covid-19.

Entre quarta e quinta-feira, o total de casos confirmados passou de 45 para 46. Dos casos suspeitos com exames já realizados, 150 deram negativos – outros 47 aguardam resultados de exames. No momento, o município tem um óbito em investigação.

No Hospital Unimed e na Santa Casa, com suspeita ou confirmação da doença, há 13 pessoas internadas. Desde o início da pandemia, foram feitas 23 altas hospitalares.

 

Número de casos cresce em ritmo lento

 

a3 santa casa

A confirmação de novos casos vem em ritmo lento nos últimos dias na região.

BIRIGUI

Birigui já contabiliza 11 casos positivos. No momento, nove pacientes aguardam resultados de exames que vão confirmar, ou não, a doença. Trinta e uma coletas deram negativo para a doença na cidade, até agora.

ANDRADINA

Já Andradina soma quatro casos confirmados. De 125 casos suspeitos, 15 já foram descartados, ou seja, não se enquadram em critérios do Ministério da Saúde para a confirmação da doença.

PENÁPOLIS

Já em Penápolis, a Secretaria Municipal de Saúde confirmou o segundo caso positivo de Covid-19 no município. Trata-se de uma mulher de 53 anos que passou por internação hospitalar, e após a alta, permaneceu em quarentena em sua residência.

A primeira confirmação é referente ao paciente (homem, 53 anos) que veio a óbito no dia 3 de abril. Três óbitos que estavam em investigação (homens, 69, 87 e 92 anos) tiveram resultado negativo para Covid-19, atestado pelo laboratório Adolfo Lutz.

Ainda na última semana, a Santa Casa de Penápolis recebeu novos equipamentos para utilização em seu centro cirúrgico. Foram adquiridos um berço aquecido e um carrinho de anestesia, focos e mesas cirúrgicas. Os recursos são oriundos de multas trabalhistas aplicadas a empresas e destinadas ao hospital por determinação do Poder Judiciário de Penápolis.

 

Lins e Três Lagoas confirmam novos óbitos

Lins e Três Lagoas (MS), duas cidades da área de cobertura do SRC (Sistema Regional de Comunicação), confirmaram novas mortes pela doença nessa quinta-feira.

Em Lins, foi o terceiro óbito provocado pelo novo coronavírus. Na cidade, são 16 casos confirmados de covid-19.

Já no município sul-mato-grossense, a vítima foi uma mulher de 76 anos de idade que, além de estar com a doença e internada na UTI, tinha outras patologias, como: hipertensão, doença neurológica crônica e Alzheimer.

O óbito foi registrado no início da manhã de ontem e é o terceiro ocorrido na cidade pela doença. A idosa era um dos 24 casos positivos informados no Boletim Epidemiológico emitido pela Vigilância Epidemiológica.


Compartilhe esta notícia!