Home Cidades Araçatuba Grupo arrecada fundos para conseguir mais 30 leitos de UTI para a região

Grupo arrecada fundos para conseguir mais 30 leitos de UTI para a região

6 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Um grupo de empresários araçatubenses está arrecadando fundos para as Santas Casas da região de Araçatuba com o objetivo ajudar os hospitais da região a enfrentarem a crise na saúde pública causada pela chegada do novo coronavírus. Ao todo, a intenção é ajudar as casas de saúde de 41 municípios, dentre eles Araçatuba, Andradina, Birigui, Castilho, Penápolis, Guararapes, dentre outros, e conseguir mais 30 leitos de UTI, além de equipamentos diversos.

Segundo um dos líderes do grupo Noroeste Com Vida, Dario Ferreira Guarita Neto, que é empresário, a intenção é fazer com que cada vez menos pacientes precisem dos atendimentos das UTIs, o que se resolveria com um bom cuidado já na baixa complexidade. “A gente pode ter uma ação de protocolos que seja única, sempre com o objetivo de tirar o cidadão do noroeste paulista da alta complexidade, que é o uso das UTIs, que exige profissionais mais capacitados, materiais e equipamentos hospitalares mais caros. Temos que manter eles fora do sistema de alta complexidade, sendo tratados nos hospitais de baixa complexidade, ou então sendo monitorados e recebendo muita informação e cuidado na sua própria casa, no seu próprio município”, explicou o empresário. Atualmente, a Santa Casa de Araçatuba, por exemplo, recebe pacientes de alta complexidade de 40 municípios da região, muitos deles transferidos de suas respectivas Santas Casas.

Um possível colapso no sistema de saúde, com muitos pacientes para poucos leitos, também é uma das preocupações do grupo. “Nossa intenção é dar condições para todas as santas casas da região, para não termos um colapso no atendimento durante esta pandemia”, afirmou Guarita Neto.

A campanha começou na terça-feira e até agora já arrecadou aproximadamente R$ 300 mil. O grupo tem a meta de arrecadar nesta primeira fase R$ 5 milhões e, segundo o empresário, este dinheiro será para o investimento em mais 30 leitos de UTI, além de equipamentos e capacitação. “Precisamos de 30 leitos novos de UTI, esses leitos consomem R$ 3 milhões mais ou menos, e a estratégia de comunicação e compra de materiais hospitalares, testes e equipamentos de alta e baixa complexidade como respiradores, vão ser necessários para consumir os outros dois milhões de reais, além de capacitação do profissional e do agente de saúde para lidar com essa crise”, explicou ele, afirmando que recursos oriundos do Governo Federal ou Estadual demoram para chegar e/ou são insuficientes.

De acordo com o grupo, a ideia é comprar aparelhos como respiradores, testes para diagnóstico de infecção pelo coronavírus, equipamentos de UTI, equipamentos hospitalares, materiais médicos, e medicamentos que estão na lista de prioridades para aquisição.

A doação pode ser feita de duas formas: uma delas é pelo site bsocial.com.br/causa/noroeste-com-vida, que é o site oficial do fundo. A doação por este endereço eletrônico pode ser entre R$ 20 e R$ 10 mil. Já para doações acima de R$ 10 mil deve ser feita uma transferência bancária para a conta do Sitawi, no Itaú. O Satawi é uma Organização Social de Interesse Público que já gerenciou 30 fundos filantrópicos e rotativos e está operacionalizando o trabalho do Noroeste com Vida. Haverá um recibo de doação.

Serviço para doações

Bsocial.com.br/causa/noroeste-com-vida (entre R$ 20 e R$ 10 mil)

Doação por transferência bancária (acima de R$ 10 mil):

Sitawi

CNPJ: 09.607.915.0001-34

Itaú (341)

Ag. 0413

C/C 16311-4


Compartilhe esta notícia!