Home Cidades Araçatuba Bancos mudam horário de atendimento durante a quarentena

Bancos mudam horário de atendimento durante a quarentena

8 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Desde a última semana, muitas pessoas estão correndo para as agências bancárias para serviços diversos como pagamento de contas, depósitos, saques e serviços diversos. Na última segunda-feira, mesmo antes da quarentena decretada em todo o Estado de São Paulo pelo Governador João Dória (PSDB), agências bancárias eram, ao lado das Casas Lotéricas, os únicos estabelecimentos que mantinham uma movimentação grande de pessoas na área central de Araçatuba.

Para o período de quarentena, que começou ontem, porém, os principais bancos adotaram medidas para diminuir o atendimento presencial e a aglomeração de pessoas dentro da agência.

O horário de atendimento os clientes dentro das agências foi diminuído, desde ontem, de 5 para 4 horas em Araçatuba, sendo que todos estão atendendo agora das 10h às 14h.

Caixa atende apenas serviços que só podem ser presenciais

As agências da Caixa Econômica Federal, por exemplo, estão atendendo apenas casos que não podem ser resolvidos pelo atendimento telefônico ou por meio dos canais digitais, como site e aplicativo.

Em nota enviada à imprensa, a direção da Caixa Econômica Federal orienta os seus clientes a procurarem os serviços digitais, inclusive disponibilizando um número de whatsapp (0800 726 8068) para que correntistas tenham informações necessárias sobre serviços pelo aplicativo de conversa instantânea.

Gerente de agência do BB em Araçatuba está preocupado com a crise

O Banco do Brasil também restringiu seu atendimento ao público presencialmente nas agências. Segundo o gerente geral da agência do banco localizada na Praça Rui Barbosa, Odirlei Egídio Bassani, apenas serviços essenciais serão realizados neste período.

Bassani afirma estar preocupado com este momento, mas ressaltou que a intenção de sua agência é proteger o cidadão. “Sempre tivemos o contato pessoal como base do relacionamento, agora estamos aflitos e preocupados com a situação. Entendemos que é um momento de ajuda aos mais necessitados”, disse o gerente, que ressalta que a saúde das pessoas tem que vir em primeiro lugar. “A nossa intenção é proteger os clientes e funcionários pedindo que utilizem mais os nossos canais alternativos e fiquem em casa preservando suas famílias”, completou.

De acordo com comunicado divulgado pela assessoria de imprensa do BB, os beneficiários que não fizeram prova de vida não terão o benefício bloqueado por pelo menos 4 meses, por conta da pandemia. Ainda no mesmo comunicado, a instituição lembra que, caso seja necessária a ida até à agência, deve-se manter uma distância mínima de dois metros entre os demais clientes para evitar a aglomeração.

Santander mantém atendimento especial para idosos

Já o Santander também diminuiu o seu horário, porém manteve o atendimento especial para idosos com mais de 60 anos, realizado uma hora antes, das 9h às 10h, em algumas agências, como em Lins, Birigui e Araçatuba, no prédio localizado na Rua Olavo Bilac, no Centro.

O Santander informa em seus canais digitais que algumas agências da Grande São Paulo e do Rio de Janeiro foram fechadas por serem os epicentros da pandemia de coronavírus no país. Nestas agências específicas os funcionários ganharam férias coletivas de 15 dias.

Bradesco mantém funcionários na porta para controle

O Bradesco adotou o mesmo horário de funcionamento dos concorrentes. O banco é outro que pede aos seus clientes para que priorize os canais digitais.

A agência localizada no Calçadão está mantendo funcionários na porta, todos protegidos com máscaras, para orientar correntistas e controlar a entrada e saída de clientes, para que haja o mínimo de pessoas possível dentro do espaço.

Itaú diminui funcionários

Já o Itaú Unibanco, que também está atendendo no horário reduzido, informou em nota que afastou funcionários que fazem parte do grupo de risco e está atuando com apenas 50% de seus colaboradores nas agências como forma de manter o mínimo atendimento.

Dentro das agências físicas, o banco está mantendo no máximo até 10 clientes, com a distância mínima de 1 metro entre eles.


Compartilhe esta notícia!