Home Cidades Araçatuba Covid 19 afeta formação de condutores

Covid 19 afeta formação de condutores

6 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – Araçatuba

O Detran-SP (Departamento de Trânsito do Estado de São Paulo) informou, em comunicado às autoescolas, que estão suspensos os exames teóricos e práticos para novos condutores. Os testes agendados para hoje, em Araçatuba, por exemplo, estão cancelados e, por enquanto, não há nova data para que sejam realizados. Também foram suspensos os novos agendamentos de provas.
Segundo a nota oficial, datada da última terça-feira e assinada pelo diretor presidente do Detran, Paulo Roberto Falcão Ribeiro, devido ao agravamento da situação de saúde pública no Brasil e no Estado de São Paulo, e à necessidade de se conter a propagação de infecção e transmissão local do coronavírus, uma série de restrições foram adotadas pelo órgão de trânsito, dentre elas o cancelamento dos exames práticos e teóricos de condutores para evitar a aglomeração de pessoas.
A reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL conversou com dois proprietários de autoescolas de Araçatuba e, segundo eles, apesar da paralisação dos exames, as aulas de condutores ainda seguem normalmente, porém, aguardando a sequência das orientações que podem vir por conta do período de pandemia do novo coronavírus.

Paralisação
O diretor da autoescola Grand Prix, José Dante Thereza, afirmou que o Detran ainda está liberando a presença através da biometria para que alunos realizem aulas práticas, porém as aulas teóricas devem ser paralisadas. “Semana que vem o curso teórico vai parar por pelo menos 15 dias. Tenho aula prática na rua e estas aulas estão liberadas para fazer”, contou Dante. Ele afirma que assim que as atuais turmas do curso teórico concluírem suas aulas, a formação de condutores irá parar por causa da aglomeração de pessoas em sala de aula.
As aulas práticas, que vinham ocorrendo normalmente, também serão paralisadas por causa do agravamento dos casos de coronavírus.
Ontem, durante o dia, José Dante destacava que, enquanto as aulas seguiam, estava tomando todos os cuidados para a higienização dos veículos. “Estamos tomando todas as medidas possíveis de higienização tanto nos veículos quanto aqui na recepção e atendimento. Já estamos também evitando a aglomeração de alunos”, concluiu.

Empresário já fala em férias coletivas

Para Nilton Gaxeta, proprietário da autoescola Seta, caso as aulas práticas também sejam suspensas, ele dará férias coletivas para os seus funcionários. “Por enquanto o Detran ainda não cortou a digital (sistema biométrico que marca a presença de alunos em aulas de condução de veículos), mas se ele fizer isso eu terei de dar férias coletivas para os funcionários”, afirmou.
A exemplo de Dante, Gaxeta também irá paralisar o seu curso teórico e tomará medidas para evitar a aglomeração de alunos na sede da autoescola. “Devo terminar o curso teórico no começo da semana que vem, no mais tardar na quarta-feira já para. As aulas práticas vão seguir, mas para abrir as aulas eu vou limitar o número de alunos por horário para evitar aglomeração”, disse.
Gaxeta contou à reportagem que para higienizar os veículos utilizados pelos alunos mandou encomendar 15 litros de álcool em gel. “Eu mandei comprar álcool em gel e não tinha, então eu encomendei pra que a gente higienize os volantes dos carros, o guidão das motos, temos que tomar cuidado”, concluiu.


Compartilhe esta notícia!