Home Cidades Araçatuba Empresa vence concorrência para recapeamento com 30% de deságio

Empresa vence concorrência para recapeamento com 30% de deságio

6 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

ANTÔNIO CRISPIM – ARAÇATUBA

Na manhã desta segunda-feira foram abertos os envelopes das empresas participantes da concorrência pública 018/2019, que visa a execução de obras de recapeamento de várias ruas. Essa licitação refere-se aos R$ 5 milhões destinados pelo governador Doria, cujo convênio foi assinado no dia 1º de novembro. O valor de referência da obra era de R$ 5.427.610,80 e a Consdon Engenharia e Comércio apresentou a melhor proposta, no valor de R$ 3.798.543,63. Isso representa deságio de pouco mais de 30%.
De acordo com informações da Secretaria de Comunicação da Prefeitura, cinco empresas apresentaram propostas para execução desta obra. Além da Consdon, vencedora da licitação, participaram a Construtora Sanches Sanchez, com proposta de 3.940.027,45 (deságio de 27,4%), Viamari Engenharia e Construções, com RS 4.128.737,04 ( deságio de 23,93%), CMB – Construtora Moraes Brasil, com RS 4.192.435,5 (deságio de 22,75%) e Noromix Concreto, com proposta de R$ 4.559.016,69 (deságio de 16,00%).
A Comissão Permanente de Licitação já divulgou, por meio de edital, a classificação das empresas. Agora será aguardado o prazo de recursos para que o vencedor da licitação será homologado e o contrato de serviço assinado.
No total, será recuperada a malha viária de 45 trechos de ruas e avenidas. As obras deverão abranger mais de 133 mil metros quadrados de recapeamento com concreto betuminoso usinado (CBUQ), além de 691 metros quadrados de sinalização. O CBUQ é um dos tipos de revestimentos asfálticos mais utilizados nas vias urbanas – os pavimentos são estruturas compostas por múltiplas camadas.

CONQUISTA
No ano passado, o prefeito Dilador Borges solicitou ao governador João Doria a liberação de R$ 10 milhões para recapeamento. Em agosto, o vice-governador Rodrigo Garcia, em visita a Penápolis, anunciou a liberação de R$ 5 milhões, cujo convênio foi assinado em 1º de novembro. A licitação refere-se a esse convênio. Na semana passada, o governo estadual liberou mais R$ 5 milhões.
Veja a tabela abaixo os trechos de vias que serão recapeados.

A5-INFO
Município vai devolver dinheiro do convênio para o estado
A economia obtida pela Prefeitura de com a licitação, cujo orçamento previsto era de R$ 5.427.610,80 e a Consdon apresentou proposta no valor de R$ 3.798.543,63, não vai poder ser revertida em ampliação das ruas a serem beneficiadas, pelo menos neste momento. O município terá que devolver o dinheiro excedente. O governo do Estado liberou R$ 5 milhões e o restante é contrapartida da Prefeitura. Agora, serão feitos os cálculos parta devolução proporcional.
Geralmente, quando isso ocorria, o município tinha a prerrogativa de fazer aditamento de convênio, ampliando os trechos a serem beneficiados. No entanto, não será assim dessa vez.
A reportagem apurou junto à Secretaria de Planejamento Urbanio Habitação que o dinheiro terá de ser devolvido ao Estado. A consulta foi ao governo estadual foi feita nessa segunda-feira logo após o resultado da licitação. A resposta frustrou os planos da pasta, que pretendia incluir mais ruas. Agora, o prefeito Dilador Borges deverá atuar politicamente para que o saldo seja revertido ao município, mas por meio de outro convênio.


Compartilhe esta notícia!