Home Cidades Araçatuba Com nova placa Mercosul, preço do conjunto sobe 51% em Araçatuba

Com nova placa Mercosul, preço do conjunto sobe 51% em Araçatuba

5 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

ANTÔNIO CRISPIM – ARAÇATUBA

Até sexta-feira (31), um conjunto de placas de veículos custa pouco menos de R$ 139,00 em Araçatuba e em outras cidades de São Paulo. As empresas prestavam serviço mediante processo licitatório. Agora, para implantação da placa Mercosul, o governo mudou o sistema e pode haver muitas empresas. Precisam apenas ser habilitadas e credenciadas pelo Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Porém, que for emplacar veículo pode se preparar, pois o preço saltou de R$ 139,00 para R$ 210,00, aumento superior a 51%. Em Araçatuba há uma empresa pronta para prestar o serviço e outra concluindo o processo de instalação.

Segundo o despachante policial Vornier Gomes Cazelato, que atua na área há 45 anos, ainda há muitas dúvidas e continuamente saem novas atualizações. Quem tem carro emplacado e licenciado e emplacado não precisa se preocupar, nem mesmo no caso de venda e transferência dentro da mesma cidade.

As placas Mercosul são para emplacamento de veículos novos, quem tiver lacre quebrado ou problema com a placa, transferência para outra cidade, perder o documento de transferência (recibo) ou mudança de categoria do veículo. “Quem quiser fazer a mudança – troca voluntária – também pode fazer”, disse Cazelato, que ainda não fez nenhum emplacamento desde a mudança. Outros despachantes consultados pela reportagem também disseram que não fizeram emplacamento. Houve demora na liberação dos documentos pelo Detran.

Pessoalmente, Cazelato não gostou da placa Mercosul por achar feia e ainda não está convencido de que é mais segura. Além disso, não indica o estado e tampouco a cidade do veículo. Estas informações devem estar contidas no QR Code da placa.

 

RETARDAR

Estima-se que no Estado de São Paulo aproximadamente 9 mil veículos deixaram de ser emplacados por conta dos problemas na transição do sistema. Devido aos mesmos problemas, cinco estados – Alagoas, Mato Grosso, Minas Gerais, Sergipe e Tocantins – retardaram o início do emplacamento com as novas placas.

 

MUDANÇA

Pelo antigo sistema, o Detran liberava o documento e havia apenas uma empresa habilitada para fazer o serviço em Araçatuba. Agora, o Detran libera o documento e o proprietário do veículo ou despachante policial tem a liberdade de buscar a empresa que oferece o melhor serviço. As placas não têm mais o lacre. Por isso, a empresa poderá destinar um funcionário para fazer o emplacamento onde o cliente desejar.

Embora o emplacamento ainda não esteja normalizado em Araçatuba, a reportagem apurou que o trabalho pode ser feito em até 24 horas, entre o pedido formal e o emplacamento.


Compartilhe esta notícia!