Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

O economista da Apas, Associação Paulista de Supermercados, Thiago Berka, prevê um crescimento no setor em Araçatuba por conta da abertura de novos empreendimentos no município previstos para 2020. De acordo com ele, a abertura de empregos e o aumento no número de opções para o consumidor serão os pontos mais importantes da chegada de novas lojas na cidade.

Em conversa com a reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL e com a Clube FM e Jovem Pan, Thiago Berka afirmou que Araçatuba irá receber dois novos supermercados do ramo atacadista neste ano: o Assaí Atacadista, que deve ser inaugurado no segundo semestre, e o Max Atacadista, loja que pertence ao grupo Muffato, que já possui empreendimento na cidade. “A abertura do Max Atacadista pelo Muffato e do Assaí Atacadista é uma boa notícia, a medida que vai gerar bastante empregos. Não há dados passados por ambas em termos de investimentos, mas provavelmente os dois empreendimentos tenham cerca de 180 empregos diretos cada pelo tamanho de um atacadista, que exige um tamanho bastante grande. Então vai ser muito bom pra Araçatuba e região estes empregos, e isso também aumenta a concorrência, o que significa preços e ofertas mais competitivos. No final quem sai ganhando é o consumidor”, afirmou o economista.

De acordo com Thiago Berka, a expectativa de crescimento de todo o setor de supermercados no Estado de São Paulo é de 2,44% para 2020, um índice acima dos últimos anos. “É uma boa notícia, um crescimento acima dos últimos dois anos, que estava abaixo de 2%”, disse.

A APAS divulgou levantamento onde mostra que os supermercados do interior de São Paulo cresceram 5,4%, em media, no mês de novembro de 2019, o último pesquisado. Já na comparação com os estabelecimentos da Capital e Grande São Paulo, as lojas do interior levaram vantagem e cresceram 2,69% em vendas entre janeiro e novembro do ano passado.

Segundo o economista da Apas, os supermercados tiveram maior crescimento no interior porque houve pouca migração de investimentos. “O crescimento no interior do Estado se deve principalmente a questão de que na crise, o interior de São Paulo teve pouca migração de investimentos, poucas indústrias fecharam as suas operações para ir para outros estados, e na medida que a economia voltou a crescer e com a animação dos empresários pela eleição de um governo liberal, muitas indústrias destas regiões anunciaram aumento de investimentos”, afirmou Berka.

Ainda segundo o profissional, há uma natural migração de investimentos da Capital para o Interior do Estado. “Há uma tendência de migração dos investimentos da Grande São Paulo e de Campinas mais pro centro e pro interior de São Paulo, que oferecem benefícios fiscais, e têm muitas oportunidades não exploradas. Então os supermercados acabam sendo beneficiados pelo aumento da renda e pela resiliência na hora da crise”, completou.

Assaí deve inaugurar no segundo semestre

Está prevista para o primeiro semestre deste ano a abertura da loja da rede Assaí Atacadista. No final do ano passado, o gerente regional da rede, Waldir da Silva, e representantes da empresa Succespar Construtora, que irá erguer o prédio, estiveram reunidos com o prefeito Dilador Borges para anunciar o investimento.

Segundo a rede, serão até 500 empregos diretos e indiretos gerados e o investimento na construção do prédio será de R$ 50 milhões, sendo que haverá 14 mil metros quadrados de área construída e mais 5 mil metros quadrados de salão de vendas. O Assaí Atacadista ficará em um terreno entre as Avenidas João Arruda Brasil e Waldemar Alves.

Diretores seguem estudando área para instalação de loja de atacarejo

De acordo com informações da assessoria de imprensa do grupo Muffato, está sendo estudada uma área para a instalação de uma segunda loja da marca em Araçatuba, que teria a bandeira do Max Atacadista.

Um dos locais preferidos do grupo seria o prédio já erguido e onde funcionava o antigo Makro, na Rua Clibas de Almeida Prado, no Bairro Casa Nova. Porém, a assessoria ainda não confirma nada sobre o local. O Makro deixou de funcionar no começo do ano passado.

Atualmente Araçatuba possui dois empreendimentos do ramo de atacarejo. O Tonin, inaugurado em 2014, e o Stock Atacadista, inaugurado em 2018.

Município ganhará novo empreendimento de varejo

A quarta loja do Supermercado Rondon já está em processo de construção e também deve ser inaugurada em 2020. Com 4 mil metros quadrados de área de vendas, o espaço deve contar ainda com 100 vagas de estacionamentos para motocicletas e 500 para automóveis.

Assim como no caso do Assaí, o grupo pretende abrir cerca de 500 vagas de emprego entre diretos e indiretos com a nova loja, que fica na Zona Leste da cidade, no Bairro Concórdia 1.

O Rondon conta atualmente com três lojas de varejo em funcionamento: uma no Bairro São João, conhecida como “Rondon da Cobrac”; uma no Jardim Jussara; e outra no Jardim Ipanema. Cerca de 1.500 funcionários trabalham nas três unidades.


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Araçatuba

Veja também

Turismo cresce 2,6% em 2019

Compartilhe esta notícia!CECÍLIA MNELO/,MTUR – SÃO PAULO O índice de atividades turí…