Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

O Comitê Municipal de Mobilização e Combate ao Aedes aegypti de Três Lagoas se reuniu na Associação Comercial na terça-feira (21), para discussão de contenção do número de casos notificados suspeitos de dengue, registrados na cidade.

A proposta, aprovada pelo Comitê, presidido pelo coordenador do Setor de Endemias e Controle de Vetores da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Alcides Divino Ferreira, e acompanhada pela secretária de Saúde, Angelina Zuque, é realizar visita aos imóveis habitados e, em conjunto com o respectivo morador, retirar os materiais inservíveis, que acumulam ou possam acumular água.

Durante a reunião, foram mostrados os bairros com maior número de focos de dengue e discutidas as maneiras de abordar os casos para que os moradores tenham mais consciência de limpeza e conservação de itens que acumulam água.

Uma das iniciativas é a “Caminhada Pela Vida” para a prevenção da dengue, que saíra da Catedral Sagrado Coração de Jesus (Matriz), e irá até a Praça Senador “Ramez Tebet”, com saída às 8h manhã desta quinta-feira (23).

“As Unidades de Saúde também realizarão essa mobilização nos bairros, montarão um cronograma para as caminhadas em cada local, para que consigamos atingir toda a população”, afirmou Alcides.

 

BOLETIM DA DENGUE

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou nesta quarta-feira (22) os boletins de monitoramento da dengue e da leishmaniose, referentes às três primeiras semanas epidemiológicas do ano de 2020.

Conforme consta do boletim, até o momento foram notificados 264 casos suspeitos de dengue. Foram 73 casos notificados suspeitos na primeira semana, 87 na segunda e 104 novos casos notificados suspeitos na terceira semana de 2020. Do montante, 53 foram positivos e 24, negativos.

 

LEISHMANIOSE

Este ano começou com a notificação de mais um caso positivo de Leishmaniose, na segunda semana epidemiológica de 2020. Trata-se de uma mulher de 32 anos de idade, residente no Bairro Colinos. O início dos sintomas foi em 20 de outubro de 2019, porém somente em janeiro desse ano que foi diagnosticada com leishmaniose. A paciente já recebeu alta do hospital. Nesse novo boletim, nenhum novo caso da doença foi notificado.


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Araçatuba

Veja também

Conselho confirma torneio de pesca para o dia 18 de abril

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – Castilho A prefeita Fátima Nascimento deu aval…