Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

A Prefeitura de Araçatuba reduziu em 75% o déficit de vagas em creches na rede municipal de ensino desde 2017. No início da atual administração, o município registrava cerca de 1.200 vagas a menos nas unidades de ensino infantis. Atualmente, este número está em 300 vagas. Para zerar este déficit, três obras estão em andamento.

Os dados foram fornecidos pela secretária municipal de educação de Araçatuba, Silvana de Sousa e Souza, em conversa com a reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL e da Clube FM. De acordo com a titular da pasta, todos os municípios brasileiros apresentam problemas quanto a vagas em creches. “Temos o Plano Nacional de Educação que prevê como meta que 50% das crianças em idade de creche sejam atendidas e tenham vagas disponibilizadas. Em Araçatuba estamos chegando nos 80% de atendimento. Nós estamos bastante acima da meta, mesmo assim continuamos trabalhando arduamente para que todos aqueles que queiram matricular os seus filhos, que estejam em idade de creche, que é uma etapa não obrigatória da escolaridade, que eles tenham esse acesso”, informou a secretária.

De acordo com Silvana, algumas obras estão sendo executadas pela atual administração para que haja uma diminuição ainda maior neste déficit. O grande problema enfrentado atualmente, segundo a secretária, são os conjuntos habitacionais lançados em bairros sem a presença de unidades de ensino mais próximas. “Estamos com duas escolas em construção, o que com certeza vai reduzir bastante este déficit, principalmente em bairros onde foram inaugurados conjuntos residenciais no passado sem que houvesse um planejamento de escolas próximas. Por isso estamos priorizando estes bairros para construções de escolas”, afirmou Silvana.

Das Duas unidades de ensino citadas pela secretária que estão em construção atualmente, uma delas está sendo erguida no Bairro Águas Claras, e contará com capacidade para 200 crianças em período integral. Com esta obra, Araçatuba passará a contar com 9 berçários municipais.

Outra unidade em construção é uma escola de ensino fundamental no Bairro Atlântico, ao lado do Estação Cidadania. Segundo a Secretária de Educação, o espaço destinado à creche naquele bairro é compartilhado com alunos do ensino fundamental, que vão migrar para escola exclusiva e abrir 100 vagas para os alunos de creche.

Além disso, há outra obra sendo executada: a ampliação da EMEB Luís Bertolucci, que fica no Jardim Presidente, que pretende atender moradores de localidades próximas, como o bairro Porto Real. “Esta escola atende também grande parte dos moradores do Porto Real, porque acaba sendo caminho para o trabalho. Então nós vamos atender estes três bairros (Porto Real, Atlântico e Águas Claras), que foram inaugurados sem que houvesse um planejamento de creche próxima”, concluiu.

 

75% das escolas de Araçatuba já tem ar condicionado

Outra demanda do Prefeito Dilador Borges na pasta de Educação é ter todas as escolas do município climatizadas até o final de seu mandato.

Segundo a Secretária de Educação de Araçatuba, Silvana de Sousa, até aqui, das 68 escolas municipais, 51 já contam com aparelhos de ar condicionado em suas salas de aula. “Iniciamos o mandato com apenas 12 escolas com ar condicionado, estamos com 51. Estas outras que estão faltando já estão com projetos sendo executados, e em breve esperamos que as obras já sejam iniciadas para que concluamos a gestão com a meta atingida, que é de todas estas crianças estarem estudando em ambiente climatizado”, afirmou Silvana.

 

Aulas começam dentro de três semanas

A rede municipal de ensino de Araçatuba, que engloba alunos desde o berçário até o 5º ano do ensino fundamental, inicia seu ano letivo no dia 4 de fevereiro, terça-feira, um dia após o início das aulas na rede estadual, que engloba alunos do 6º ano do ensino fundamental até o 3º ano do ensino médio.


Compartilhe esta notícia!