Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Nesta quinta feira (9/1), a Santa Casa de Araçatuba fez a primeira captação de órgãos deste ano. O doador foi um paciente de 61 anos que sofreu traumatismo craniano grave em decorrência de uma queda de bicicleta. O acidente aconteceu em Castilho, cidade da região de Andradina.
O paciente foi removido em quadro clínico grave para a Santa Casa de Araçatuba, via Cross ( Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde) no dia 30 de dezembro. Apesar dos esforços da equipe do Serviço de Neurologia e Neurocirurgia, o quadro clínico do paciente não evoluiu. No último dia 6 foram iniciados os procedimentos do protocolo para investigação de morte encefálica, pela equipe da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT).
O óbito foi registrado quarta-feira (8)às 16h25. A família autorizou a captação de órgãos e a divulgação para contribuir com a conscientização sobre a importância da doação de órgãos e tecidos. No entanto, os familiares não autorizaram a divulgação da identidade do doador.
A captação foi feita no período matutino por equipes do Hospital de Base de São José do Rio Preto. Foram retirados fígado, rins e córneas, direcionados a pacientes que estão na fila de espera da Central Nacional de Transplantes.
Em 2019 a CIHDOTT da Santa Casa de Araçatuba realizou 11 captações de órgãos.

 


Compartilhe esta notícia!