Home Cidades Araçatuba Bibliotecas encerram 2019 com mais de 11 mil empréstimos de livros

Bibliotecas encerram 2019 com mais de 11 mil empréstimos de livros

4 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – PENÁPOLIS

Durante o ano de 2019, as bibliotecas municipais Professor Fausto Ribeiro de Barros e Professor Jayme Monteiro, mantidas pela Secretaria Municipal de Educação de Penápolis, registraram o empréstimo de 11.660 livros à população. Segundo dados das unidades, 13.089 pessoas passaram pelas bibliotecas ao longo do ano.
Além do empréstimo de livros, as bibliotecas possuem terminais de computadores que estão disponíveis para cursos de informática gratuitos. As unidades ainda oferecem apoio aos usuários que buscam acessar o sistema de Nota Fiscal Paulista, agendamento para o INSS, Poupatempo, TRE (Tribunal Regional Eleitoral), entre outros.
O encarregado das Bibliotecas, Rafael Freitas, destacou uma das principais atividades desenvolvidas pelas bibliotecas é a contação de histórias, uma forma de estimular a leitura em crianças e jovens. “Atendemos cerca de 3.040 de Escolas Municipais, Estaduais e Particulares em projetos de contação de histórias e mediação de leitura”, afirmou.
As bibliotecas também realizam mensalmente diversos projetos. Entre eles estão o “Café & Leitura”, no Lar Vicentino, que reúne cerca de 30 idosos em atividades como contação de histórias, mediação de leitura, rodas de conversa e música. O projeto conta com o apoio da Clássica Panificadora.
Um trabalho similar é realizado com pacientes do Centro de Atenção Psicossocial – Caps onde a Biblioteca realiza uma rosa de leitura mensalmente com a participação de 20 pacientes.
O setor ainda apoia outras iniciativas como o Grupo “Casa das Letras”, formado por pessoas da comunidade local, com o objetivo de fomentar a literatura em Penápolis. Durante 2019, a escritora Marina Simão realizou de forma voluntária o Projeto “Escreva seu Primeiro Livro”.
A Biblioteca Professor Fausto Ribeiro de Barros ainda foi palco para a exposição “Macrofotografia” do fotógrafo Angelo Baccili, durantes os meses de setembro e outubro.
O Programa Viagem Literária trouxe a cidade escritores como André Vianco, em setembro, com a participação de 250 jovens. Em junho, também ocorreu a oficina “Pedagogia dos saraus: teoria e prática literária e educativa”, com o escritor e educador Rodrigo Ciríaco. Mais de 400 pessoas participaram da atração “Histórias que Minha Vó Contava”, com contador de histórias Ademir Apparício Júnior em maio deste ano.
Em 2019, o projeto “Geladeiroteca” ganhou uma nova unidade na Emef Mário Sabino, totalizando 12 unidades espalhadas em unidades básicas de saúde, escolas e órgãos públicos.


Compartilhe esta notícia!