Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Com a chegada do Ano Novo, a Polícia Rodoviária Estadual já iniciou a Operação Ano Novo nas principais rodovias da região. É que muita gente já conseguiu a tão esperada folga e decidiu pegar estrada já neste fim de semana. A Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) estima que cerca de 3,6 milhões de veículos circulem pelas principais rodovias de acesso e saída da região metropolitana de São Paulo durante o feriado prolongado. Muita gente decidiu ir para o interior do Estado.

Para viajar com conforto e segurança, alguns cuidados são importantes e começam antes mesmo de sair de casa. Verificar os freios, amortecedores, luzes, óleo e pneus, inclusive a calibragem, são condições básicas para pegar a estrada. Os níveis da água do radiador e do limpador de para-brisa devem ser checados. É importante manter a documentação do veículo e do motorista em dia. Além disso, o condutor não deve esquecer os equipamentos obrigatórios como macaco, chave de roda, triângulo para sinalização e estepe.

É essencial que o motorista tenha descanso no dia anterior à viagem e consuma alimentos leves para evitar a sonolência. Os viajantes também devem avaliar a melhor rota e, sempre que possível, evitar os horários de pico. É importante, também, ter anotado num papel ou gravado no celular o telefone 0800 de atendimento das concessionárias responsáveis pelas rodovias que for utilizar.

VIAGENS DE ÔNIBUS

Quem for viajar com os ônibus do transporte intermunicipal deve ficar atento à segurança e nunca contratar empresas clandestinas. A Artesp irá intensificar a fiscalização nas rodovias para coibir as irregularidades. Os passageiros que encontrarem algo errado pode fazer contato com o telefone 0800.727.83.77 ou e-mail ouvidoria@artesp.sp.gov.br.

PEDESTRES

Mas não só os motoristas que devem ficar atentos. Os pedestres também. Por esse motivo, o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) já começou a campanha de segurança Pedestre + Seguro. As ações da campanha deste verão serão realizadas em locais apropriados para a travessia de pedestres ou ciclistas, exatamente para estimular a passagem segura. Durante a espera da travessia, enquanto os agentes de trânsito permitem o tráfego de veículos, os promotores realizarão a conscientizarão dos pedestres sobre a importância da segurança viária.

MORTES

Dados da Polícia Rodoviária Federal, coletados em todos os estados do país, mostram que, este ano, foram registrados 1.367 acidentes contra 1.446 ocorrências no ano passado.
Ainda de acordo com a PRF, em 2019, 113 pessoas morreram em decorrência dos acidentes nas estradas durante o Natal. No mesmo período do ano passado, foram registradas 115 mortes. O número de feridos registrou leve aumento, de 1.811 em 2018 para 1.814 este ano.


Compartilhe esta notícia!