Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES – ARAÇATUBA

Saindo de um dos principais corredores de Araçatuba, a rotatória da avenida Waldir Felizola de Moraes, chega-se a outra via de grande circulação que, nos últimos anos, não parou de ganhar relevância. Trata-se da avenida Odorindo Perenha, porta de entrada de uma das regiões que mais cresceu no município nos últimos anos, a zona leste.
Os mais entusiasmados vão dizer que ali já é uma “outra cidade” dentro de Araçatuba. Razões para tal constatação não faltam. A começar pelo número de habitantes. São quase 80 mil, praticamente 40% da população araçatubense. Um número que, aliás, tende a crescer, considerando os vários investimentos recebidos.

Zona Leste (1).JPG
Só para citar o mais recente de todos, a terceira loja da rede de farmácias Drogamax, em Araçatuba, foi entregue no mês passado, no bairro Concórdia, gerando 75 empregos diretos e indiretos. Quando justificou a escolha do local, em entrevista ao jornal O LIBERAL REGIONAL, no dia da inauguração, o responsável pelo marketing do grupo, Rafael Santos, explicou: “Essa é uma região que cresce muito, hoje vem tendo muitos investimentos por aqui e a Drogamax não podia ficar de fora desta mudança aqui na região. Por isso fizemos uma pesquisa, foram levantadas informações aqui do bairro, da região, aqui tem uma grande taxa populacional e por isso decidimos investir aqui”.

E não precisa ir muito longe da farmácia para ver o quanto a Zona Leste tem respirado desenvolvimento. Praticamente ao lado do mais novo empreendimento, ao final da Odorindo Perenha, será entregue, no próximo ano, a quarta unidade do Supermercado Rondon, cuja estrutura já está bem visível aos moradores da localidade.
Mas até chegar a esses grandes investimentos, o percurso pela Odorindo Perenha permite observar o quanto a Zona Leste cresceu. Vários são os estabelecimentos comerciais: oficinas mecânicas, minimercados, academias, depósitos de gás água, lojas de pequenas confecções, postos de combustíveis, salões de beleza, farmácias e muitos pontos gastronômicos. São eles que movimentam a noite na Odorindo. Há opções para todos os gostos e bolsos, do cachorro-quente vendido em trailer de lanche na calçada a pratos mais sofisticados em restaurante com telão e música ao vivo. A avenida reflete, assim, a vocação gastronômica assumida pela cidade nos últimos anos.

Zona Leste (3).JPG
Uma simples percorrida pelos bairros que compõem aquele pedaço de Araçatuba permite observar a evolução. De ironicamente chamado de “Umualama” no passado, por causa das chuvas que o tornavam intransitável, o Umuarama está inteiramente asfaltado, despertando, cada vez mais, interesse da construção civil. O mesmo se pode dizer do Concórdia, que, nos últimos anos, viu nascer residenciais e, em breve, ganhará ainda um centro médico.
É também na Zona Leste que está localizado um dos maiores investimentos recebidos pela cidade nos últimos anos no quesito lazer: o Hot Planet, parque aquático que tem atraído frequentadores de cidades de toda a região.
A toda essa participação da iniciativa privada, alia-se a presença do poder público, justificando ainda mais o conceito de “outra cidade”. Lá, os moradores dispõem de escolas e unidades de saúde mantidas pelo poder público. No campo da educação, aliás, uma das ações voluntárias de maior destaque na cidade está no bairro Hilda Mandarino. Na Biblioteca Comunitária da localidade, mantida em parceria pelo Rotary Club e a Polícia Militar, inúmeras atividades de incentivo à leitura para crianças são realizadas.
Com tanto crescimento, certamente, se estivesse vivo, o jornalista Ubirajara Lemos, que tinha Odorindo Perenha como seu pseudônimo, teria muito a escrever sobre a Zona Leste.
Os investimentos que estão por vir reservam àquela localidade, certamente, novos capítulos para a história de Araçatuba.

 


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Araçatuba

Veja também

Empresário que prensou mulher com caminhonete na região é preso em Goiás

Compartilhe esta notícia!Foram 472 dias, o equivalente a um ano, três meses e 17 dias de d…