Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

O início da safra de soja na região de Araçatuba está causando ansiedade em produtores rurais e representantes do agronegócio. Após resultados mais modestos na última colheita, realizada no início de 2019, a expectativa é que se dobrem os resultados para o começo de 2020.
Na última semana, durante evento de inauguração da loja D. Carvalho, em Araçatuba, a reportagem do Jornal O LIBERAL REGIONAL conversou com Edenilto José Jorge, que possui mais de 300 alqueires para a plantação de soja em sua propriedade rural, localizada em Glicério – localizada a 35 km de Araçatuba – e ele acredita que sua produção será muito maior no próximo ano. “Devido à seca e à estiagem, na última safra colhemos aproximadamente 40 sacas por hectare. As últimas safras não foram muito boas, aliás, faltou chuva. Nossas perspectivas são bem maiores para uma produtividade maior”, comentou o produtor.
De acordo com ele, em sua propriedade é possível ter uma expectativa de aumento de até 100% em relação aos últimos resultados. “A esperança é de que nós consigamos colher em fevereiro cerca de 70 sacas por hectare, daí pra cima”, disse ele. O plantio da soja começa a ser feito a partir da segunda semana do mês de outubro, e a previsão de colheita é para meados de fevereiro do ano que vem.
O gerente de vendas da D. Carvalho em Araçatuba, José Roberto Papacidro, acredita que a produção de soja está crescendo na região e destacou os municípios de Araçatuba, Birigui e Coroados como principais compradores de maquinários na empresa relacionados ao cultivo do grão na região. “A região de Birigui é um local onde o pessoal cultiva muito a soja, e nós temos aqui em Araçatuba também alguns agricultores que plantam soja. O que acontece é que nas áreas de cana de açúcar, a soja já está chegando para fazer uma renovação, por isso está crescendo esse volume, e a tendência é que ele continue a passos largos”, comentou.

B7 Lavoura Roça Soja.JPG
AVANÇO – Cultivo da soja está aumentando na região e mesmo com resultado ruim na safra passada, deve crescer

Empresa inaugura nova sede pensando em produtores
De acordo com o gerente de vendas da D. Carvalho, José Roberto Papacidro, o novo prédio da empresa, inaugurado no último dia 25, deve atender a demanda dos agropecuaristas da região, principalmente os produtores de soja e cana-de-açúcar. “O agronegócio sustenta o nosso mercado e acreditamos muito nele. Temos a certeza que esse mercado é importante. Temos produtos que vão desde o preparo de solo, tratos culturais, plantio, pulverização, colheita, uma gama de produtos que atende a todas as necessidades da região”, comentou Papacidro, lembrando que a empresa é a representante oficial da marca John Deere, no Brasil, especializada em maquinários agrícolas.
Em comemoração aos seus 25 anos de atuação na região, a D. Carvalho realizou um cerimonial e um jantar durante a inauguração de sua nova loja em Araçatuba. Localizado no KM 526 da pista leste (sentido Capital) da Rodovia Marechal Rondon (SP 300), o prédio possui 6.800 metros quadrados de área construída dentro de um espaço de 34 mil metros quadrados de área total. O local possui sistemas de captação de água da chuva para reutilização, estação de tratamento de água e esgoto e coleta seletiva de materiais contaminantes e recicláveis.
Atualmente, a D. Carvalho possui 6 lojas na região oeste do Estado de São Paulo. Além de Araçatuba, as cidades de Andradina, Penápolis, Auriflama, Dracena e Presidente Prudente, possuem unidades que atendem produtores agrícolas de 95 municípios paulistas.
No cerimonial de inauguração estiveram presentes representantes da D. Carvalho e da John Deere, além de autoridades municipais, como o prefeito de Araçatuba Dilador Borges (PSDB).

 

 


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Araçatuba

Veja também

Árvores cortadas na avenida Brasília estavam irregulares, diz parecer técnico

Compartilhe esta notícia!ARNON GOMES – ARAÇATUBA Motivo de reclamações de moradores,…