AraçatubaCidades

Líder escoteiro de Araçatuba vence prêmio estadual

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA
O oftalmologista e um dos chefes da Alcateia Samurai, de Araçatuba (SP), Akira Hayashida (76 anos), foi um dos vencedores do prêmio Walter Dohme 2019, entregue no último final de semana, durante o Congresso Regional Escoteiro e Pioneiro 2019, em Taubaté (SP). O evento reuniu seniores, guias de transição, pioneiros, escotistas e dirigentes de todo o estado de São Paulo.
Hayashida concorreu na categoria Escotista Ramo Lobinho, com outros seis chefes, e foi o grande vencedor com o projeto Banco de Óculos de Araçatuba (BOA). Criado pela Seção Autônoma Alcateia/Tropa Escoteira Samurai, em parceria com o Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Araçatuba, o BOA tem como objetivo arrecadar armações de óculos de grau para serem doados a pessoas dependentes de lentes corretoras, em situação de vulnerabilidade social.
O projeto foi concebido como forma de promover responsabilidade social, estando em consonância com o lema principal dos escoteiros, que é “Sempre Alerta Para Servir”, sendo exemplo de fraternidade, lealdade, altruísmo, responsabilidade e respeito para as crianças do grupo e para a sociedade.
“Foi uma surpresa maravilhosa termos recebido este prêmio com um projeto que visa ajudar a pessoas mais humildes”, explica o chefe. Além do reconhecimento, o grupo recebeu um prêmio de R$ 4 mil. “Esse valor será utilizado em projetos e ações da alcateia, para que ela se estruture melhor e, assim, todos os lobinhos e, por consequência, a sociedade seja beneficiada”, afirma Hayashida.
Akira Hayashida é um dos fundadores do grupo, em Araçatuba. Ele se apaixonou pelas causas dos escoteiros e entrou para o escotismo já adulto. Formado em oftalmologia, com especialização em glaucoma e olho seco, conseguiu juntar com o projeto BOA duas de suas paixões.

A premiação
O prêmio Walter Dohme para Escotistas, Dirigentes e Instituições Parceiras, em sua quarta edição neste ano, visa reconhecer os adultos voluntários atuantes em unidades escoteiras locais da região escoteira de São Paulo que contribuem de forma inovadora, exemplar e efetiva para a correta aplicação do Programa Educativo e do Método Escoteiro, bem como para uma melhor gestão organizacional, no cumprimento da missão do Movimento Escoteiro de educar jovens para a vida. Além disso, objetiva visibilizar instituições públicas e privadas que apoiam a prática do escotismo em nível local.

 

Comment here