AraçatubaCidades

Secretarias de Araçatuba vão separar lixo orgânico e reciclável

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

“Esses são reservatórios de respeito à vida!”. Foi com essa frase que a vice-prefeita Edna Flor definiu a importância dos cestos que serão usados para que as secretarias da Prefeitura de Araçatuba efetivem a separação dos resíduos recicláveis.
O ato de entrega dos cestos plásticos aconteceu nesta sexta-feira (13), no Paço Municipal, e faz parte das ações de práticas e cuidados com o meio ambiente do Projeto Atitude, instituído em fevereiro deste ano pela prefeitura.
Coordenadora-geral do Projeto Atitude, Edna Flor fez uma explanação a representantes de todos os setores da prefeitura de Araçatuba. Explicações de como fazer a separação correta dos resíduos, a importância das doações desses materiais para as associações e entidades que fazem a coleta seletiva, entre outros assuntos.
“Um papel branco vale R$0,45 o kilo quando é separado para a reciclagem. Se esse mesmo papel estiver com uma gota de café, por exemplo, seu valor cai para R$0,28 (kilo). Isso também acontece com o jornal impresso. Se ele for descartado para reciclagem sem ser amassado, tem o valor de R$1 (kilo). No entanto, se o jornal for amassado, seu preço também cai: apenas R$0,18 (kilo)”, explicou Edna.
Já o assessor executivo da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Lucas Proto, iniciou sua explicação de forma que indagou a todos. “Lixo não existe!”, definiu. “Usamos todos os recursos naturais para produzir cada item que está ao nosso redor, que é de uso diário e, de alguma forma, ele irá voltar à natureza. Por isso, com conhecimento, tecnologia e educação, hoje é possível praticarmos a produção sustentável, que consiste na separação adequada de resíduos”.
A separação adequada depende de todos. Para fazê-la, basta colocar em cestos separados o lixo orgânico do lixo reciclável. Araçatuba já conta com a coleta seletiva em 100% da área urbana. Contribua, faça sua parte!

 

Comment here