AraçatubaCidades

Com termômetro, jornalista mostra importância das árvores para reduzir calor

ANTÔNIO CRISPIM – ARAÇATUBA

Nessa semana as regiões noroeste de São Paulo e parte de Mato Grosso do Sul estão registrando temperaturas acima de 40 graus. O jornalista e repórter fotográfico, Angelo Cardoso, que é um ativista da causa ambiental, principalmente da preservação de árvores, nesta quinta-feira fez uma experiência com um termômetro que usa infravermelho. Agê Cardoso tirou a temperatura do solo (asfalto) sob e o sol e da calçada, sob a árvore. A diferente foi de quase 50%. “Isso mostra o quanto é importante cultivar árvores para amenizar o calor”, disse Agê.
Segundo o jornalista, ele usou um termômetro Lasergrip. A medição da temperatura foi por volta de 13h30 desta quinta-feira na Rua Humaitá, entre as ruas Almirante Barroso XV de novembro. No sol, a temperatura chegou a 62,5 e na sombra, a 35,5 graus. “Por isso, mesmo que solidariamente, trabalho no plantio de mudas de árvores. Sabemos que essa é a única forma de amenizar a temperatura em nossa cidade, mas há muitas pessoas que não pensam assim e vandalizam ou mutilam as árvores plantadas”, disse o jornalista.
O Instituto Nacional de Meteorologia indicou que a temperatura em Araçatuba aproximou-se dos 39 graus nesta quinta-feira. Já em Três Lagoas, chegou aos 40,7 graus. A cidade foi a terceira mais quente do Estado, ficando atrás apenas de Coxim, que chegou a 41,2 e Água Clara, com 40,8. Até domingo a tendência é a manutenção de temperaturas elevadas em toda a região. Três Lagoas pode voltar a passar dos 40 graus. Já Araçatuba devem ficar mesmo na casa dos 38 e 39 graus.

CUIDADOS
A forte onda de calor que atinge o Estado de São Paulo também pode afetar motoristas e o trânsito. Desta forma, o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) alerta para os cuidados ao dirigir nessas condições.
A primeira dica é, se possível, não dirigir nos horários em que a incidência solar está mais intensa, ou seja, das 11h às 17h. De acordo com a Defesa Civil estadual, o ideal, para todos os casos, é permanecer em locais protegidos dos raios solares.
Se não tiver como escapar do trânsito nesse período, tome algumas precauções, como se hidratar com água, usar protetor solar e óculos escuros. Ainda segundo a Defesa Civil, tente umidificar o ambiente e use soro fisiológico nos olhos e narinas.
Uma recomendação geral é que o motorista não dirija se estiver cansado ou então logo após ingerir alimentos pesados ou gordurosos. Esses alimentos podem causar sonolência ou até mesmo provocar algum tipo de mal-estar.

VEÍCULO
O veículo deve estar sempre em boas condições de uso. Verificar o nível de água ou líquido arrefecedor no radiador é fundamental para os dias de calor intenso. O mau uso ou falta de refrigeração pode fundir o motor. Fique atento aos alertas no painel do veículo.
A pressão dos pneus também é algo que precisa ser checada, assim como o nível de combustível. O uso do ar-condicionado aumenta o consumo, o que pode levar a uma pane seca e outros problemas.

 

SOMBRA                                                                               SOL

Comment here