AraçatubaCidades

Grupo mobiliza empresas para desenvolver a solidariedade

ANTÔNIO CRISPIM – ARAÇATUBA

A direção do Atamor, instituição composta por aproximadamente 200 voluntários atuam em ações de apoio às pessoas em tratamento com câncer, quer trazer para a Araçatuba a Parada de Natal, evento artístico comum em Orlando, nos Estados Unidos e em várias outras cidades. A iniciativa tem por objetivo arrecadar material para os serviços de assistência aos pacientes com câncer. Segundo Ícaro Moraes, idelalizador do Atamor, a Parada de Natal será realizada nos dias 13 e 14 de dezembro, no entorno da Praça Rui Barbosa, com muitas atrações. No primeiro dia do evento, a estimativa é reunir aproximadamente 8 mil pessoas.
Morales afirmou que além dos muitos bonecos temáticos que fazem parte das ações do Atamor na Santa Casa de Araçatuba, a Parada de Natal terá apresentação da Fanfarra Municipal, Tayko (comunidade japonesa), seis academias de dança, grupo Agir e várias outras atrações.
“No momento estamos trabalhando para buscar apoiadores, que podem ser pequenas, médias e grandes empresas”, disse Moraes, explicando que O LIBERAL REGIONAL e as rádios Clube FM e Jovem Pan FM já estão participando da iniciativa.
Segundo Ícaro Moraes, o objetivo é arrecadar lã para fazer perucas e lenços para atender pacientes que fazem tratamento de câncer. “Nosso objetivo é atender pacientes também de outras cidades e até mesmo de outros estados. Quanto mais lã conseguirmos arrecadar, mais pessoas poderão ser beneficiadas”, o líder do grupo. Esta iniciativa pode “nacionalizar” o Atamar, já que a proposta é atender crianças de todo o país com as conhecidas perucas de lã do Atamor. Todo material será confeccionado pelos voluntários do grupo.
Além de arrecadar lã, a Parada de Natal tem como objetivo estimular a solidária. “Com o trabalho de cada um, podemos contribuir para melhorar a vida das pessoas e construir um mundo melhor”, disse Morales.

c1 Atamor4.jpg

O GRUPO
O Atamor foi criado no dia 24 de dezembro de 2016, após Cíntia Lopes Morales ser curada de um câncer de mama. O filho, Ícaro Morales, idealizou o grupo, que atuou por muito tempo no Centro de Tratamento Oncológico.
Segundo Ícaro e Cíntia Morales as equipes têm atividades bem definidas, como atuação para alimentação e amparo emocional aos pacientes. equipe de personagens para divertir as crianças que fazem tratamento de câncer; outra equipe trabalha para elevar a autoestima dos pacientes, com doação de perucas, doação de lenços, próteses de mama, tampa-traqueostomia, confecção de perucas de lã e gorros de crochê e oferece a oficina de automaquiagem. Há também a equipe que leva entretenimento aos pacientes do Hospital do Rim.

VOLUNTARIADO
O trabalho do Atamor envolve mais de 200 pessoas que trabalham diretamente com pacientes e seus familiares e também na captação de doações. Ícaro Moraes destaca a importância do trabalho de cada voluntário para que os objetivos sejam alcançados, ou seja, garantir mais qualidade de vida e momentos de alegria aos pacientes e seus familiares.

c1 Atamor2.jpg

Comment here