Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – Araçatuba

Nesta primeira semana de setembro, o me rcado físico de boi gordo teve preços mais altos nas principais regiões produtoras do país. A variação positiva de preços, para anlistas de mercado, é resultado do aumento do consumo e da limitação da oferta. Além da recuperação do consumo interno, a exportação é bem atrativa.
Os preços a arroba do boi gordo na modalidade à vista nas principais praças de comercialização apresentaram variação na comparação da última sexta-feira de agosto (29) e a primeira sexta-feira de setembro (6). Em São Paulo passou de R$ 155 para R$ 156; em Mato Grosso do Sul, de R$ 142 para R$ 143, a mesma variação foi registrada em Goiás e em Mato Grosso, passou de R$ 140 para R$ 142.

Exportações
As exportações de carne bovina “in natura” do Brasil renderam US$ 528,5 milhões em agosto (22 dias úteis), com média diária de US$ 24 milhões. A quantidade total exportada pelo país chegou a 126,5 mil toneladas, com média diária de 5,8 mil toneladas. O preço médio da tonelada ficou em US$ 4.178,10.
Na comparação com julho, houve alta de 7,3% no valor médio diário da exportação, ganho de 2,5% na quantidade média diária exportada e alta de 4,8% no preço. Na comparação com agosto de 2018, houve perda de 6,3% no valor médio diário, baixa de 8,5% na quantidade média diária e ganho de 2,4% no preço médio.


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Araçatuba

Veja também

Motorista que disparou tiros em casa de shows ainda não foi encontrado

Compartilhe esta notícia!A Polícia Civil de Araçatuba ainda investiga o paradeiro do homem…