Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Cerca de 500 escoteiros de vários municípios do Noroeste Paulista passaram o sábado na sede do CPI-10 (Comando de Policiamento do Interior), em Araçatuba (SP). O “quartel da PM”, como é conhecido o local, foi o lugar escolhido pelo Distrito de Araçatuba para o 28º ELO (Escoteiros Locais em Operação) Nacional dos Escoteiros.
Os participantes tiveram contato a acompanharam demonstrações de comandos especializados da Polícia Militar, como Canil, Base de Patrulhamento Aéreo (Águia) e Corpo de Bombeiros. Também participaram de gincanas esportivas e intelectuais.
A comissária distrital Vânia Ferrari explica que o ELO é realizado a cada dois anos, e esta edição contou com o dobro de participantes em relação a de 2017. “Foi um dia intenso e muito gratificante para todos, escoteiros e chefes”. Ela comenta ainda que o evento foi realizado por todo o Brasil, numa ação que conta com uma série de acampamentos simultâneos, valorizando a fraternidade escoteira “à distância”. Ancorado sob o tema “Descobrindo um Novo Mundo”, o evento convida a todos para novas aventuras, novas culturas e novas amizades.
De acordo com a comissária, as atividades que realizadas seguem a programação sugerida pela UEB (União dos Escoteiros do Brasil), que organiza o evento em nível nacional, com algumas adaptações para o local.

Escoteiros do Brasil
Foi criada em 1924 como uma associação sem fins lucrativos que desenvolve trabalhos de educação continuada de crianças e jovens, valorizando o equilíbrio ambiental e o desenvolvimento social na formação de cidadãos conscientes e atuantes. Conta com mais de 100 mil registrados em todo o país, dos quais 25 mil são voluntários adultos. É reconhecida como de utilidade pública por meio do Decreto Federal nº 3.297/17 e como instituição de educação extraescolar pela Lei nº. 8.828/46. Para se juntar como jovem é preciso ter entre 6,5 e 21 anos. Essa faixa etária compreende quatro ramos distintos: lobinho (6,5 aos 10), escoteiro (11 aos 14), sênior (15 aos 17) e pioneiro (18 aos 21). A partir daí a atuação se dá como adulto voluntário, sem limite de idade.
Em Araçatuba, há dois grupos, sendo o Dom Bosco o mais antigo e tradicional, com mais de 40 anos, e que é padrinho das Seções Autônomas Alcateia e Tropa Escoteira Samurai, que foram criadas no ano passado. O 31° Distrito Escoteiro Araçatuba abrange a área geográfica que vai de Lins até a divisa com o Mato Grosso do Sul (MS).

 


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Araçatuba

Veja também

Projeto Judô Cidadão promove graduação 29 atletas estudantes valparaisenses

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO VALPARÍSO   A noite do último dia 12 foi especial…