AraçatubaCidades

Mobilidade Urbana recebe pedidos para aumento de faixas de pedestre

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

A morte de José Carlos de Souza Pereira, de 58 anos, no último dia 8 de julho, que foi atropelado na Avenida dos Araçás em frente à antiga estação ferroviária em plena faixa de pedestres, reacendeu a importância do respeito a esta importante sinalização de trânsito.
Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, o motorista que não respeita a travessia de pedestres na faixa comete falta gravíssima, que pode ser punida com 7 pontos na carteira nacional de habilitação e multa de R$ 293,47. Já no caso das faixas de pedestre localizadas em cruzamento com semáforo, os motoristas que param o veículo em cima da sinalização de solo cometem falta media, que rende 4 pontos na carteira e multa de R$ 130.
Mesmo com a falta de conscientização de motoristas para o respeito à faixa de pedestre, a Secretaria de Mobilidade Urbana de Araçatuba tem recebido diversos pedidos de pintura de faixas em pontos de grande fluxo de veículos e pessoas na cidade.
A saída do estacionamento de um supermercado na Avenida Waldemar Alves foi motivo de dois pedidos de faixas de pedestre realizados nas últimas semanas. O primeiro deles foi feito pelo vereador Cláudio Henrique da Silva (PMN), que protocolou pedido na Prefeitura no último dia 4 de junho. Após o pedido do vereador, a solicitação chegou até a Mobilidade Urbana e a ordem de serviço foi dada no último dia 3 de julho. Dois dias depois, no dia 5, a própria direção do supermercado fez a solicitação para implantação da sinalização.
O local recebe diariamente um grande fluxo de pedestres e veículos, pois além de ser espaço para saída e entrada de clientes no estabelecimento, a avenida em questão também recebe grande fluxo de pessoas que querem acessar os bairros da cidade, já que o supermercado fica na região central de Araçatuba.
De acordo com o diretor municipal de trânsito, Valdeci Santiago, após o pedido do vereador foi realizado o estudo técnico e liberada a implantação da faixa. Ela ainda não tem data para ser pintada, já que, segundo Santiago, a Mobilidade está aguardando o final dos trabalhos de recapeamento que estão sendo feitos pela Prefeitura em diversas vias do município, para então liberar a pintura da sinalização.
Porém, este não é o único pedido. Em conversa com a reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, o diretor de trânsito, Valdeci Santiago, citou outras faixas implantadas neste ano em Araçatuba. “Além da gente estar implantando novas, há também revitalizações. Esse ano já fizemos algumas faixas de pedestres em frente ao CRAS do Água Branca, no CRAS do Águas Claras, no cruzamento da Rua Mato Grosso com a Rua Tiradentes”, citou.
Santiago lembrou que pessoas físicas também podem requerer a pintura de faixas de pedestre. As solicitações podem ser feitas através do Atende Fácil, localizado na Avenida Oscar Rodrigues Alves, 295, no Centro. Todas elas são encaminhadas para a Mobilidade Urbana. “Após ele requerer uma equipe técnica vai no local fazer uma avaliação da necessidade ou não da implantação, tem alguns requisitos técnicos que devem ser respeitados para a implantação. As faixas de pedestre são colocadas onde há maior aglomeração de pessoas, para mostrar para o condutor que ali há grande fluxo”, comentou.
O diretor municipal de trânsito ainda alerta que, independente da faixa, o condutor deve respeitar a travessia de pedestres em qualquer ponto da via pública. “O Código de Trânsito é bem claro, independentemente da faixa de pedestres, seja ela semafórica ou não, o pedestre sempre tem preferência na malha viária. E o pedestre também deve ter consciência de que onde existe uma faixa ele tem que fazer o máximo possível para respeitar e passar no local sinalizado”, concluiu.

 

Comment here