Home Cidades Araçatuba Ministério seleciona Santa Casa para receber consultoria feita pelo Hospital Albert Einstein

Ministério seleciona Santa Casa para receber consultoria feita pelo Hospital Albert Einstein

7 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

A Santa Casa de Araçatuba é um dos hospitais brasileiros selecionados pelo Proadi-SUS (programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS) para receber consultoria do Instituto Israelita de Consultoria e Gestão do Hospital Albert Einstein. A iniciativa é do Ministério da Saúde para aprimorar a gestão das instituições de saúde do país. O Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS) é concedido aos hospitais filantrópicos de excelência reconhecidos pelo Ministério da Saúde, e que apoiam a promoção da melhoria das condições de saúde da população brasileira.
Referência regional em alta complexidade para 40 municípios e média complexidade para aproximadamente 70% desta mesma região, a Santa Casa de Araçatuba terá aplicação de metodologias para melhorar o giro do bloco cirúrgico, que compreende 14 salas cirúrgicas e ao menos uma dezena de setores que atuam em apoio aos procedimentos dentre os quais central de material e esterilização, serviço de anestesia, sala de recuperação pós-anestésica, unidades de terapia intensiva e enfermarias.
O programa terá duração de 8 meses e terá várias etapas. A coordenação é da consultora Amanda Christinne Andreoni Netto que integra o Núcleo de Consultoria Interna do Hospital Albert Einstein, que utilizará expertises da instituição israelita, considerada uma das melhores do país, para a Santa Casa de Araçatuba melhorar o giro das salas cirúrgicas. Mensalmente, a consultora passará uma semana na Santa Casa para ministrar os itens da gestão necessária para que a meta seja alcançada e após a implantação das medidas, acompanhar o plano de ação e os resultados.
A primeira visita foi realizada em meados deste mês quando após levantamento realizado nos fluxos das 14 salas cirúrgicas do hospital a consultora formou um grupo de melhorias que terá prazo até a próxima visita marcada para julho, para levantar dados dos processos do bloco cirúrgico possibilitando a identificação de problemas que possam interferir na meta de aumento do giro.
Após a estratificação dos problemas, a consultoria e o grupo, estudarão as causas fundamentais e as priorizará para definição do plano de ação a ser implantado. A consultora vai acompanhar a implantação das ações e monitorizar os resultados para obtenção dos resultados previstos.

Hospital local atinge marca de 124 cirurgias por dia

Hospital com vocação cirúrgica pelo volume de procedimentos de médio e grande portes realizados, com destaque para cirurgias de alta complexidade como as cardiovasculares e torácicas, neurocirurgias, ortopédicas e pediátricas, a Santa Casa de Araçatuba atingiu em março deste ano desempenho cirúrgico histórico. Dentre cirurgias gerais agendadas, urgência e emergência e as relativas ao mutirão cirúrgico de várias especialidades para fazer andar uma fila de eletivas com laudos a partir de 2014, foram 3.850 procedimentos.
O total projeta média diária de 124 procedimentos realizados que corresponde a 6 vezes mais em relação à média de 20 cirurgias diárias realizadas em janeiro deste ano. Na época, do total de 12 salas do Centro Cirúrgico, apenas 4 estavam aparelhadas para utilização. Nos meses de abril e maio foram realizadas 2.830 e 2.900 cirurgias.
A nova diretoria da instituição reformou e reequipou as 8 salas do complexo cirúrgico e reativou a sala de obstetrícia e ginecologia e conseguiu melhorar o desempenho diário que passou de 50 no primeiro mês e 70 nos meses subsequentes. A de atingir 100 procedimentos diários ainda no primeiro semestre deste ano foi consolidada antes do prazo estimado.
Dentre os equipamentos adquiridos pela direção do hospital destacam-se o videolaparoscópio e cistoscópio para cirurgias pediátricas que tornou a Santa Casa de Araçatuba no único hospital da região a operar de bebês, crianças e pré-adolescentes por videolaparoscopia, técnica que possibilita procedimentos minimamente invasivos, pós-cirúrgicos menos dolorosos e período de internação mais curto.

Da Redação
Araçatuba


Compartilhe esta notícia!