AraçatubaCidades

Intervenção da Prefeitura na Santa Casa termina nesta segunda-feira

DA REDAÇÃO – Penápolis

Após quatro anos de intervenção municipal, a Santa Casa de Misericórdia de Penápolis passará a ser administrada pela Irmandade do hospital. O período de intervenção da Prefeitura de Penápolis será finalizado em solenidade realizada amanhã (24) com representantes do poder público, irmandade, vereadores, entre outros convidados.
Em junho de 2015, após a paralisação dos atendimentos, a Prefeitura de Penápolis assumiu a administração do hospital. Desde então, mesmo com a grave crise financeira, a Santa Casa recebeu diversos investimentos e melhorias, além de um grande apoio da comunidade e clubes de serviços.
Segundo o prefeito Célio de Oliveira, a decisão tomada em 2015 foi um grande desafio, mas fundamental para manter o hospital de portas abertas para os mais de 100 mil moradores da microrregião. “Na ocasião, a Prefeitura assumiu o hospital com as portas fechadas e o devolvemos agora com as portas abertas à população”, enfatizou.
“Com a formação de uma nova irmandade que se dispôs a assumir a Santa Casa, nós resolvemos decretar o fim da intervenção e transferir a administração para essa nova direção. Continuaremos apoiando o hospital, com os repasses mensais que totalizam um aporte de cerca de R$ 5 milhões anuais”, destacou.
“Esperamos que este novo momento da Santa Casa possa propiciar o aumento dos convênios particulares, a implantação do hospital escola em parceria com a Funepe, a reclassificação da UTI de nível I para nível II e o reequilíbrio das contas, dando sequência ao trabalho já iniciado durante a intervenção”, afirmou.
O prefeito ainda destacou que a Prefeitura deixa a intervenção em um processo natural, em total acordo com a nova irmandade. “Desejamos boa sorte à nova administração e disponibilizamos todo nosso apoio em suas ações”.

Balanço
Ainda de acordo com o prefeito Célio de Oliveira, nestes quatro anos, apesar das enormes dificuldades financeiras, foi possível oferecer um atendimento de qualidade aos pacientes e ainda realizar investimentos estruturais no hospital.
“Neste período, a Prefeitura ampliou os repasses mensais à Santa Casa. Atualmente, o município investe R$ 400 mil por mês para manter o atendimento. Sem esses recursos seria impossível manter o hospital de portas abertas”, contou o prefeito
“Em 2017, a Prefeitura disponibilizou um vale alimentação a todos os funcionários da Santa Casa, nos mesmos moldes dos servidores municipais. Este benefício será mantido mesmo com o fim da intervenção”, contou Célio.
“Além dos repasses mensais, diversos investimentos foram realizados. Muitos só foram possíveis com o envolvimento dos funcionários do hospital, com o apoio da comunidade e de clubes de serviços. Essa rede de solidariedade foi extremamente importante. Por isso, agradecemos a cada um que contribuiu com a nossa Santa Casa”, finalizou o prefeito.
Ao longo do período de intervenção, foram feitos vários investimentos em diferentes áreas do hospital, totalizando R$ 2.721.545,00.

Comment here