AraçatubaBrasilCidades

Araçatuba pode receber investimentos de quase R$ 1 bilhão em 12 meses

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Cerca de R$ 880,5 milhões nos próximos 12 meses. Este é o volume de investimentos previsto para Araçatuba (SP), levando-se em conta anúncios feitos por empresas e pela prefeitura, assim como previsões informadas à administração municipal por companhias privadas (algumas pedem para não terem os nomes divulgados), e que serão formalmente veiculadas nos próximos dias. O dado é uma injeção de ânimo para a economia local, já que os investimentos são um dos principais fatores para impulsioná-la.
Os recursos estão divididos entre seis setores: comércio, habitação, indústria, infraestrutura, prestação de serviços e tecnologia. O dono da maior fatia é a habitação, que une construção civil e mercado imobiliário, com R$ 540 milhões. Em segundo lugar vem o comércio, com destaque para dois empreendimentos, sendo um atacadista e outro supermercadista, com R$ 104 mi. Na terceira posição, a infraestrutura, que reúne obras públicas e da concessionária de água e esgoto (R$ 85 mi), seguida pela prestação de serviços, que inclui transporte aéreo (R$ 80 mi), indústria (R$ 60 mi) e tecnologia (R$ 11,5 mi).
Entre empresários e lideranças locais a notícia é vista com otimismo.
Investimentos já estão sendo feitos no Recinto de Exposições Clibas de Almeida Prado. São R$ 8 mi na primeira fase da construção de um complexo esportivo equestre. No total, serão R$ 30 milhões, em 10 anos. Trata-se do maior empreendimento da América Latina relacionado a provas equestres.
O empresário Jamil Buchalla Filho, criador de Quarto de Milha e um dos articuladores para a vinda da ABQM para Araçatuba destaca a importância do investimento no recinto de exposições. “São três grandes eventos anuais. Isso signfica que a cada quatro meses a economia da cidade terá a injeção de aproximadamente R$ 7 milhões. Além disso, estes eventos devem atrais outros investimentos”, disse o empresário.
A instalação resulta na realização, em Araçatuba, das três maiores competições brasileiras organizadas pela ABQM (Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha): Congresso do Cavalo Quarto de Milha, em abril; Campeonato Nacional do Quarto de Milha, em julho; Potro do Futuro, Copa dos Campeões e Derby, em outubro. O potencial de retorno é superior a R$ 36 milhões ao ano. Além disso, a cada evento, a previsão é que 10 mil pessoas passem pelo recinto ao dia, sejam feitas 8 mil inscrições em 19 modalidades de competição, e haja aproximadamente 300 expositores.

 

Construção civil e mercado imobiliário respondem por mais da metade dos investimentos

Dois terços dos investimentos anunciados e previstos para Araçatuba nos próximos 12 meses têm origem no setor habitacional, composto pela construção civil e pelo mercado imobiliário. E somente uma empresa, a Lomy, maior construtora da região Noroeste Paulista, uma das 30 maiores do país pelo ranking ITC 2019, e recentemente adquirida pela BRNPAR, responde sozinha por 37% dos anúncios do segmento.
A empresa vai apresentar no início do 2º semestre deste ano, dois empreendimentos residenciais de casas no MCMV, de grande impacto social e econômico em Araçatuba. Os investimentos ultrapassam R$ 200 milhões, com geração receitas tributárias à administração pública, e a geração de mais de 2 mil empregos diretos e indiretos.
De acordo com o administrador da Lomy, Evandro Nobre Cruz, a vinda da BRNPAR para Araçatuba foi fruto de oportunidade e planejamento. “A BRNPAR não escolheu Araçatuba por acaso. Esta é uma cidade promissora, que demonstra capacidade para articular e estruturar investimentos. O cenário que está em desenvolvimento é uma prova disso. Caso não fossem oferecidas condições para instalação e ampliação, com certeza, todas as empresas que anunciaram investimentos não estariam interessadas na cidade”, destaca o executivo.
Cruz ressalta ainda que empreendimento, como os da Lomy-BRNPAR, criam círculo de crescimento que incrementam as perspectivas do município, com a destinação de tributos para o erário, geração de emprego e de renda. “Estamos certos do futuro que podemos construir juntos em Araçatuba”.
O Grupo Buchalla, com vários empreendimentos na área imobiliária (loteamento do Concórdia), Residencial Vila Madalena e participação em vários outros empreendimentos, vai lançar no próximo mês o MedCenter, um complexo voltado à prestação da de saúde. O empreendimento será com a Conscap, uma sólida construtora e incorporadora de Araçatuba. Para os empresários Jamil Buchalla e Jamil Buchalla Filho, trata-se de um empreendimento inovador e que vai valorizar aquela região da cidade, tornando-a referência na área de saúde.
O empresário Jamil Filho confirmou à reportagem que o grupo está planejando a construção de um hotel na Avenida Abrão Buchalla. “As conversas estão apenas no início, mas a previsão é de investimento da ordem de R$ 50 milhões. A parceria será com rede internacional”, disse o empreendedor.
Para Buchalla, “Araçatuba, graças à diversificação de sua economia, está caminhando sozinha”. O empreendedor avaliar que os novos investimentos colocam a cidade em um novo patamar de desenvolvimento.

A5 evandro_nobre_cruz_administrador_lomy2

ACREDITAR – No início do segundo semestre, Evandro Nobre Cruz vai anunciar novos empreendimentos

 

a5 Jamilzinho e Jamil Buchalla1.JPG

EMPREENDER – Empresários Jamil Buchalla e Jamil Buchalla Filho garantem novos investimentos na cidade

 

Para a Prefeitura, investimentos são sinal de confiança no governo

Para a administração pública municipal, os R$ 880,5 milhões em investimentos têm um significado claro: que os empresários estão acreditando no trabalho que está sendo feito para resgatar Araçatuba. O prefeito Dilador Borges (PSDB) afirma que os frutos dos trabalhos de articulação junto ao empresariado é o maior termômetro. “Quando as prefeituras desenvolvem esta política de trabalho junto aos empresários, alguns fatores são importantes, como momento econômico e potencial do município, mas se não houver confiança, nada se estrutura. O que deixamos claro é que estamos com um trabalho sólido, pés no chão e pensando no futuro”, destaca o prefeito.
Dilador ainda enfatiza que o poder público, ao fazer investimentos em valores tão altos, que neste caso chegam a R$ 35 milhões, também dá sinal de que está com sua saúde financeira em dia, o que passa maior confiança aos investidores. “Temos um olhar de gestão. As ações são sempre voltadas para o bem coletivo, mas com os pés no chão, planejamento e estratégia bem definida. E os investidores se sentem seguros”.
Dados fornecidos pelas secretarias de Planejamento Urbano e Habitação, de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho, e de Comunicação Social mostram que, além da Lomy e e do investimento no Recinto Clibas de Almeida Prado, organizações consolidadas confirmam somas vultosas para os próximos 12 meses, como a Nestlé (R$ 50 milhões), Samar (R$ 50 milhões), Supermercados Rondon e GOL Linhas Aéreas. O governo municipal garante que há pelo menos 14 outras empresas, que juntas somam cerca de R$ 500 milhões em investimentos, mas preferem não ter os nomes divulgados neste momento, por questões estratégicas de planejamento comercial.

dilador_borges_prefeito2.JPG

CONFIANÇA – Para o prefeito Dilador Borges, empreendedores estão acreditando na cidade

Comment here