AraçatubaCidades

Ampliação de serviços aumenta a procura no pronto-socorro

ANTÔNIO CRISPIM – ARAÇATUBA

Desde o início de seu mandato o prefeito Dilador Borges vem promovendo mudanças na área da saúde para melhorar e ampliar o atendimento. Além de conclusão de obras iniciadas, reformas e construção, outros investimentos foram feitos, como a mudança do Pronto-Socorro Aida Vanzo Doce, que funcionava na Rua Dona Ida e foi transferido para área central, no prédio onde funcionou o Hospital Santana. Além da mudança, outros serviços passaram a ser oferecidos, como farmácia e plantão pediátrico. Com isso, o movimento no PSM aumentou mais de 50%. Neste período de elevado número de casos de dengue, aproximadamente mil atendimentos são feitos no local.
As mudanças implementadas no início da administração tiveram questionamentos. Porém, com o passar do tempo e sentindo a melhoria dos serviços prestados, as queixas diminuíram. Agora, com aumento do número de atendimento devido aos casos de dengue, há quem reclama da demora, mas muitas pessoas enaltecem o nível do atendimento e, principalmente, oi fluxo interno, desde a recepção na portaria, triagem, atendimento médico, exames e medicamentos. Tudo feito no mesmo local.
Para o prefeito Dilador, a saúde é prioridade e por isso investe no setor muito muito mais do que o percentual exigido legalmente que é de 15%. Já aproximou-se de 25%. Na avaliação do prefeito, o aumento da procura é devido à melhoria no atendimento. “As pessoas sentem-se mais seguras”, disse.
O ex-presidente, vereador Rivael Papinha, que mora na zona sul de Araçatuba, disse que constantemente as pessoas falam do atendimento na saúde. Muita gente elogia e há críticas em relação aos encaminhamentos. “No entanto, isso não depende do apenas do médico ou da equipe do Pronto-Socorro. Os encaminhamentos são coordenados pelo Cross (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde), ligado ao governo do Estado. As pessoasl só podem sair de uma unidade quando o Cross já disponibilizou o atendimento em outra unidade”, disse o o vereador.

Mudanças para melhor condições de atendimento
Para melhorar o atendimento a primeira mudança foi feita com o fechamento do Pronto Atendimento do Bairro São João. O atendimento foi direcionado para a UBS do Pedro Perri, a primeira unidade com atendimento estendido até as 22 horas. Depois, a administração decidiu mudar o pronto-socorro municipal, buscando um prédio mais estruturado, possibilitando a oferta de novos serviços, como o plantão pediátrico, que era uma antiga reivindicação da comunidade.
Conforme números disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde, o aumento do atendimento de crianças de 0 a 6 anos no primeiro quadrimestre dos anos de 2017, 2018 e 2019. Em 2017 foram 5.540 atendimentos nesta faixa etária, já em 20-18 foram 6.989 e em 2019, 10.622, o que representa aumento de 91%, entre 2017 e 2019 (primeiro quadrimestre do serviço de pediatria). Isso mostra que com atendimento especializado aumenta a procura.
Os dados divulgados pela Secretaria da Saúde mostram que a média mensal de atendimento no pronto-socorro e no pronto atendimento foi de 14.197 atendimentos em 2016, 15.405 em 2017, 20.235 em 2018 e 21.883 em 2019. O aumento é expressivo.

 

Comment here