Compartilhe esta notícia!

Na terça-feira, aproximadamente 90 policiais federais e agentes da Controladoria Geral da União desenvolveram a Operação Atalhos, que investiga fraudes em licitações e contratos para transporte de alunos em Três Lagoas. Foram cumpridos 21 mandados de busca e apreensão em cinco cidades: Três Lagoas, Naviraí e Campo Grande (MS), Luís Antônio e Americana (SP). Em Três Lagoas os agentes estiveram na casa da ex-prefeita Márcia Moura e do ex-secretário Mário Grespan. Foram apreendidos mais de R$ 2,4 milhões em dinheiro.
Com os documentos apreendidos e o depoimento de 13 pessoas intimadas, a Polícia Federal poderá aprofundar nas investigações e chegar aos responsáveis e o montante desviado. Levantamentos preliminares apontam para superfaturamento de R$ 1,6 milhão.
O ex-secretário Mário Grespan, atual secretário da Educação de Castilho, procurou eximir-se de culpa, dizendo que não competia à Secretaria da Educação as licitações e contratações de empresas para transporte de alunos. Ele também negou apreensão em sua casa. Desta forma, Grespan acaba direcionando para a ex-prefeita Márcia Moura as suspeitas de onde foi apreendido o dinheiro. A Polícia Federal não citou nomes de pessoas e empresas alvo da operação e tampouco onde o dinheiro foi apreendido.

ANTÔNIO CRISPIM
Araçatuba


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Araçatuba

Veja também

Cidade Legal entrega 27 títulos de propriedade para famílias de Aracanguá

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO ARAÇATUBA A Secretaria Estadual da Habitação, por meio…