Compartilhe esta notícia!

No dia 19 de Maio são comemorados a Semana Nacional de Doação de Leite Humano e o Dia Nacional de Doação de Leite, e a Santa Casa de Araçatuba conta com um Posto de Coleta de Leite Humano que foi implantado recentemente. Instalado no terceiro andar, próximo ao Berçário de Cuidados Intermediários, o posto substituirá a Sala de Coleta recinto onde as mães realizavam ordenhas para alimentar seus bebês, a maioria das quais prematuros e internados na UTI Neonatal.
De acordo com o diretor clínico, Giulio Stanco Coscina Neto, a Santa Casa de Araçatuba, além de ser referência quando se trata de UTI Neonatal e partos de risco, atende o Hospital Da Mulher, que apresenta grande volume de partos normais e cesárias, e esse Banco de Leite vai ancorar os atendimentos da UTI Neonatal.
Com o Posto de Coleta, as mães continuarão utilizando a estrutura para retirar o leite para ser servido in natura aos seus bebês. Porém o foco do Posto é oferecer estrutura para ordenha de mães voluntárias que doam parte do leite que produzem a prematuros internados.
A coordenadora do Posto De Coleta, Mariellen de Almeida Pereira, conta que antigamente eram atendidas cerca de 4 ou 5 mães por dia, já hoje com o posto de coleta são atendidas em média cerca de 15 a 20 mães diariamente. “Tá dando mais de um litro e a gente acaba fazendo um reservatório desse leite, mandando pro Banco de Leite para pasteurizar, e depois de pasteurizado a gente trás e oferece pros nossos bebês da UTI e berçário” diz a enfermeira.
A iniciativa foi da equipe em geral, já que o hospital atende 40 municípios da região, era necessário aumentar o Banco de Leite para os bebês. “Pra nós 1ml de leite salva vidas. É muita coisa pra um bebê prematuro de 500 a 700 gramas, que é nossa maior demanda” diz a enfermeira Mariellen.
Segundo Rhaísa Maschio, pediatra e neonatologista da Santa Casa de Araçatuba, o leite materno é fundamental pra qualquer recém-nascido, “principalmente para o nosso maior grupo aqui que são os recém-nascidos de risco: os prematuros, prematuros extremos (menores de 29 semanas), e os bebês de baixo peso” esclarece. “O leite materno diminui o risco de mortalidade, o tempo de internação na UTI Neonatal, ajuda no crescimento e desenvolvimento do recém-nascido e diminui o risco de infecções. Sem contar que ele tem tudo que um recém-nascido precisa nos primeiros meses de vida” complementa a médica.
Cimara de Melo, mãe de uma recém-nascida e voluntária, conta que o leite materno é muito importante para todos os bebês, “acredito que é importante pra saúde e pro crescimento, acredito que cada gotinha que eu doo, pra elas é essencial. Não importa se você da o tanto que ela necessita, cada pouquinho que você doa é importante pro desenvolvimento do bebê” afirma.
A estrutura conta com o trabalho de enfermeiros, auxiliares de enfermagem e fisioterapeutas, e também pode ser utilizada por mães de prematuros internados. Nestes casos, o leite ordenhado é oferecido diretamente aos bebês.
Qualquer mãe que tenha leite e deseje fazer a doação, pode ir até a Santa Casa de Araçatuba realizar o cadastro e exames laboratoriais. O atendimento do Posto de Coleta de Leite Humano é de Segunda a Segunda das 7h às 17h.

Mariana Gabriele
Araçatuba


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Araçatuba

Veja também

Justiça penhora Hilux de Ciro para pagar sentença de vereador de SP

Compartilhe esta notícia!A Justiça de São Paulo determinou a penhora de uma pickup Toyota …