Compartilhe esta notícia!

ARNON GOMES  – ARAÇATUBA

O professor e escritor Hélio Consolaro lança, na próxima terça-feira, em Araçatuba, o livro “Analógicos e digitais: crônicas de cidadania”.
De acordo com o próprio autor, os textos refletem os principais problemas da sociedade, principalmente os urbanos. “Não há política partidária no livro, nem cito nomes dos políticos”, diz Consolaro, que foi secretário municipal de Cultura no governo de Cido Sério.
A obra foi editada pela Academia Araçatubense de Letras, onde Consolaro é membro há mais de duas décadas.
Segundo ele, no total, a obra conta com cem crônicas. O título do livro, aliás, é um dos textos.
O primeiro texto é a letra da música “Amor analfabyte”, cantada por Talita Rustichelli que está gravada no livro em QR CODE. Na contracapa, há a apresentação do livro feita pela jornalista Alessanda Nogueira.
Este é o sétimo livro publicado por Consolaro. Antes, ele publicou “Cobras & Lagartos” (crônicas), “Urubu Branco” (poesia), “Cerveja e uma porção de bobagem” (crônicas), “Filósofo de semáforo” (crônicas), “Aulas de gramática aplicada” (didático), “Casar! Contra quem?” (contos e crônicas) e “Analógicos e digitais: crônicas de cidadania”.
Durante a Balada Literária, quando se dá a noite de autógrafos, Marcos Ianner e Felipe Maná animarão o palco. Várias pessoas irão ler as crônicas de Hélio Consolaro. O tema da balada é “A crônica nossa de cada dia”.


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Araçatuba

Veja também

Petroleiros fecham acordo e encerram greve de 20 dias

Compartilhe esta notícia!André Richter Curitiba Representantes da Federação Única dos Petr…