AraçatubaCidades

Ações vão marcar o Dia do Ribeirão Baguaçu em Araçatuba

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

A Samar realizará nesta segunda-feira (22), às 9h, na sede da empresa, atividades para comemorar o Dia do Ribeirão Baguaçu, o principal manancial de abastecimento da cidade.
Cerca de 50 alunos da EMEB José Machado Neto e convidados irão participar da palestra do engenheiro civil, Rodrigo Cella, membro da Associação do Grupamento Ambientalista (AGA Brasil), que vai falar sobre a importância da mata ciliar e a preservação das nascentes.
Também será realizada exposição fotográfica com o tema “Reflexão das Águas”, produzida pelos alunos do curso Técnico em Publicidade do Senac de Araçatuba. As fotos mostram imagens do Ribeirão Baguaçu, do ponto de captação, na sede da Samar, tratamento da água e trechos do rio no perímetro urbano.
O evento será finalizado com entrega de brindes.

RIBEIRÃO BAGUAÇU
O Dia do Baguaçu foi instituído em Araçatuba pela Lei Municipal 5.939/2001 e é comemorado no dia 22 de abril.
Desde que assumiu os serviços no município, a Samar realiza ações de preservação do Baguaçu, o principal manancial que abastece 60% da cidade.
Em junho, será realizada a 3ª Expedição Baguaçu, em parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e ONGS. A primeira edição do evento foi realizada em 2017, e teve como objetivo traçar um diagnóstico das atuais condições do ribeirão em vários trechos. Nas duas primeiras edições da expedição foram detectados pontos de degradação que necessitam de ações imediatas. A Samar também conseguiu identificar poços de visitas próximos às margens e passou a monitorá-los periodicamente.
Em janeiro de 2018, a Samar iniciou a obra de remanejamento e instalação de novas tubulações de emissários às margens do Baguaçu e a construção de 30 novos poços de visita. A obra, já concluída, deverá ser inaugurada em breve após o finalização do plantio de mais de duas mil árvores às margens do Ribeirão. O investimento foi de aproximadamente R$ 2 milhões.
O Ribeirão Baguaçu faz parte da vida de 60% dos araçatubenses como a principal fonte de abastecimento de água. A Samar capta, trata e distribui aproximadamente 1,9 milhões de metros cúbicos de água ao mês do ribeirão.
Apesar de ser estreito, ele possui aproximadamente 55 quilômetros de extensão da nascente, na cidade de Braúna, até sua foz, no rio Tietê. Numa boa parte desse trajeto o ribeirão passa por perímetros urbanos onde fica exposto a erosões, poluição e degradação. Por este motivo, a cpncessionária realiza ações de conscientização para a preservação deste manancial.

 

Comment here