AraçatubaCidades

Município cria frente de trabalho contra o Aedes aegypti

DA REDAÇÃO – PENÁPOLIS

Na segunda e terça-feira (dias 8 e 9) os interessados em participar da Frente de Trabalho contra o Aedes aegypti podem se inscrever no PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) de Penápolis. O prazo de contratação será por três meses, com carga horária de oito horas diárias.
Os classificados trabalharão de segunda a sexta-feira, com o pagamento de um salário mínimo vigente. É exigida a escolaridade mínima de ensino fundamental incompleto. Vale ressaltar que a contratação é temporária, por três meses, com a possibilidade de prorrogação por igual período. Todas as informações estão previstas no Decreto 6092/19.

Documentos
Para se inscrever, os interessados devem comparecer ao PAT munidos de documentos pessoais. O PAT está localizado Rua Irmãos Chrisóstomo de Oliveira, 330 – Centro (em frente à Biblioteca Municipal “Prof. Fausto Ribeiro de Barros”). A contratação visa intensificar ações de combate a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.
É obrigatória a apresentação dos seguintes documentos: RG, CPF, carteira de trabalho, comprovante de residência, comprovação de dependentes (certidão de casamento e nascimentos dos filhos), comprovação de renda familiar e número de inscrição no Cadastro Único (NIS – Número de Inscrição Social).

Funções
Os classificados atuarão como apoiador no combate à dengue no Programa “Penápolis contra a dengue”. Entre as atividades executadas, os apoiadores devem atuar na remoção de objetos encontrados e na limpeza emergencial de vias públicas e demais bens de uso comum do povo, terrenos baldios, terrenos particulares sujeitos à autuação pela fiscalização municipal.
Ainda entre as funções estão apoiar as ações das equipes multiprofissionais e os mutirões do município no Programa “Penápolis contra a dengue”, instituído pela Lei 2363/19.

Requisitos
Além da escolaridade mínima de ensino fundamental incompleto, os interessados devem preencher alguns requisitos como idade mínima de 18 anos, estar sem contrato efetivo de trabalho há, no mínimo, seis meses. Neste período é desconsiderado os contratos de experiência de até 90 dias.
Os interessados também não podem ter sido demitidos ou exonerados do serviço público por justa causa. É necessário ter boa saúde física e mental e não ter deficiência incompatível com o exercício das atividades previstas para a função.

Classificação
O Processo Seletivo de contratação levará em conta alguns critérios para a classificação dos candidatos. Entre os critérios estão o número de dependentes com idade inferior a 16 anos, ser mulher arrimo de família, mulher vítima de violência doméstica, ter no núcleo familiar pessoa com deficiência física ou intelectual.
Os critérios ainda preveem pessoas desempregadas há mais de seis meses, ser oriundo do sistema prisional, possuir inscrição no Cadastro Único, menor renda familiar e ser participante do programa Integrado de Inclusão Social.

 

Comment here