Araçatuba

Município reduz pela metade fila de espera por cirurgia de catarata

Em dois anos, Araçatuba conseguiu reduzir pela metade a fila de espera por cirurgia de catarata. A constatação está em informação encaminhada pela gestão do prefeito Dilador Borges (PSDB) à Câmara no final do mês passado.
Em resposta a requerimento sobre o assunto, de autoria do vereador Arlindo Araújo (PPS), a administração municipal informou que, até o último dia 21, 254 pacientes aguardavam o procedimento.
Ontem à tarde, em entrevista ao jornal O LIBERAL REGIONAL, a diretora de atenção básica à saúde, Cida Nava, forneceu números mais atualizados. Hoje, há 247 pessoas na fila, diz ela, com base em informações do departamento de regulação da Secretaria de Saúde. O período de aguardo, em média, leva oito meses.
A queda, na avaliação dela, é expressiva, considerando-se que, no início de 2017, quando começou o atual governo, nos sistemas da Prefeitura, constavam aproximadamente 500 pessoas à espera da cirurgia.
Questionada pela reportagem sobre a que fator se pode atribuir essa redução, Cida citou convênio firmado pelo município com o Hospital Central, em Araçatuba, para atendimento especializado em oftalmologia. Além da catarata, a parceria também inclui tratamentos de pterigio, retina e glaucoma.
A diretora também citou outras parcerias do município no setor, mencionadas na resposta ao pedido de informações de Arlindo. Além do Hospital Central, o município está agendando cirurgias de catarata, conforme a complexidade, nos seguintes prestadores: Instituto dos Olhos de Buritama e AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Araçatuba.
Questionado por Arlindo qual o critério utilizado para que o paciente seja autorizado a passar por cirurgia, quando encaminhado ao AME, o município respondeu que respeita os critérios de conduta do médico contratado pelo serviço. “Nos casos não absorvidos pelo AME, devido à complexidade da cirurgia, os pacientes são referenciados via DRS-II (Departamento Regional de Saúde)”, completou a administração municipal, em sua resposta.

CONTRATAÇÃO
A expectativa do poder público local é, em breve, diminuir ainda mais a espera por cirurgia de catarata.
Conforme reportagem publicada pelo LIBERAL no último dia 24, no mês passado, o prefeito assinou decretos em que autoriza a contratação de seis novos médicos, todos aprovados no último concurso público.
Dois deles são oftalmologistas que atenderão no NGA (Núcleo de Gestão Assistencial) e vão realizar cirurgias de glaucoma e catarata. O objetivo é diminuir a fila deste tipo de atendimento em Araçatuba, considerado, por muito tempo, um dos principais problemas da saúde municipal.
Na ocasião, Cida Nava havia afirmado que estes profissionais foram priorizados pela administração municipal por conta da demanda existente. “Nós sabemos que a questão da oftalmologia é bastante séria no nosso município, isso já vem há algum tempo caminhando”, afirmou ela a este jornal, na oportunidade.

DECISÃO
Com estas ações, o município atende decisão da Justiça local que, em 29 de janeiro do ano passado, obrigou, não só a Prefeitura, mas também o Estado, a tomar providências para atender pacientes que esperam atendimento oftalmológico (consultas, exames e cirurgias).

ARNON GOMES
Araçatuba

Comment here