Araçatuba

Mulher internada com suspeita de dengue está com leishmaniose

Araçatuba registrou o primeiro caso de leishmaniose visceral este ano. A paciente, de 38 anos, que reside na área central da cidade, foi internada com suspeita de dengue hemorrágica. Foi colhido material e encaminhado para análise. O resultado do exame para dengue não foi divulgado. Porém, deu positivo para dengue. A mulher continua internada na Santa Casa de Araçatuba. O caso foi confirmado oficialmente pela Vigilância Epidemiológica do município. No ano passado foram registrados 15 casos da doença.
De acordo com a assessoria da Santa Casa, foram cinco pacientes que passaram ou continuam internados com suspeita de dengue clássica ou hemorrágica. Até o momento não houve confirmação.
O paciente de 49 anos, de Pereira Barreto, com suspeita de dengue hemorrágica, permaneceu internado no hospital para tratamento e já recebeu alta. O resultado será encaminhado para o município de origem.
De Araçatuba foram mais três pacientes, uma mulher, 44 anos, residente na Zona Norte, foi internada com suspeita de dengue hemorrágica. O resultado do exame ainda não chegou. A mulher teve alta. Foram mais dois pacientes, mas da Zona Leste. Um homem de 58 anos, permaneceu internado na Santa Casa e já recebeu alta. Outro paciente do sexo masculino, 48 anos, residente na Zona Leste, com suspeita de dengue clássica, continua internado na Santa Casa de Araçatuba em quadro clínico estável.
Conforme dados divulgados pela Vigilância Epidemiológica de Araçatuba, até o dia 28 de janeiro foram confirmados 30 casos de dengue no município, sendo 17 mulheres e 13 homens. A maioria tem mais de 20 anos.

ANTÔNIO CRISPIM
Araçatuba

Comment here