Araçatuba

“É um dos melhores prédios da Polícia Civil de todo estado, diz secretário de Segurança Pública

A inauguração para autoridades e à imprensa da Central de Polícia Judiciária de Araçatuba na manhã de segunda-feira (10) reuniu chefes da Polícia Civil da região, do alto comando da Polícia Militar, membros do Poder Executivo e Legislativo, além do secretário de Segurança Pública do Estado, Mágino Alves Barbosa.
A visita teve início por volta das dez da manhã. O secretário conheceu as instalações do novo prédio acompanhado do Diretor do Deinter 10, Nelson Barbosa Filho. Durante o discurso aos convidados, Mágino Alves elogiou o investimento.
“Sem sombras de dúvidas é um dos melhores prédios da Polícia Civil em todo o estado, sem querer causar inveja aos outros chefes de departamentos aqui presentes”, disse.
A fala do secretário arrancou risos do público que acompanhava a solenidade. Interlocutores dizem que a nova CPJ será o ‘ Poupatempo da Polícia Civil’ , já que vai centralizar praticamente todos os serviços, como o plantão policial, os quatro distritos policiais, o setor de cartas precatórias, a central de telecomunicações, o Núcleo Especial Criminal (Necrim), a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e a Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise).
É um investimento primoroso, porque além de modernizar a estrutura do prédio e otimizar os serviços, o governo do Estado passará a economizar mais de R$ 50 mil por mês com aluguéis das instalações atuais”, destacou o secretário.
O governo investiu R$ 8.634,372,86 nas instalações, que ocorreram entre 19 de março de 2016 a 30 de outubro de 2018. Além disso, foram destinados R$ 328.161,00 para a aquisição de móveis, cortinas e outros equipamentos. Com uma área total de 2.991 m² de construção, a unidade possui três cozinhas, refeitório, auditório, 32 banheiros, 62 salas, duas recepções, elevador, arquivo geral, três depósitos para materiais apreendidos e um depósito de armas.

SOLENIDADE
A solenidade de inauguração começou com o discurso de Nelson Barbosa e depois do prefeito Dilador Borges, que agradeceu o empenho das equipes da Polícia Civil, Militar e Federal. O chefe do Executivo destacou ainda o trabalho em conjunto entre as polícias e a Guarda Civil Municipal, elogiando os esforços na segurança pública.
Ao final, Dilador entregou o título de hóspede oficial do município ao secretário de Segurança Pública, uma condição que oferece todo o aparato necessário para a autoridade arcada pelo município.

EMOÇÃO
Apesar de ter sido inaugurado ontem, a CPJ ainda não está em funcionamento. A expectativa é de que até o fim deste ano, serviços da Central de Flagrantes, DIG e Dise comecem a operar. Em 30 dias, todas as mudanças devem ser efetivadas, assim, dando início, de fato, à operacionalização até janeiro do ano que vem.
O delegado assistente da Seccional de Araçatuba, Marcelo Curi, viu de perto todos os processos da obra, que enfrentou um atraso de quase dois anos por conta de sucessivos erros de cálculos. Hoje, ao ver a construção pronta, ele não consegue conter a emoção.
“Trabalhei naquele prédio durante quase dez anos, como titular da DIG, já com o mesmo bastante deteriorado, até a desocupação por total falta de condições da delegacia continuar ali. Vendo hoje o mesmo reformado e ampliado, lindo e com acabamento de primeira, me emociono com as lembranças de tudo que ali passei. É um legado que estamos deixando para nossa amada instituição, motivo de orgulho para todos nós”, informou por meio de entrevista à reportagem.

Vitor Moretti
Araçatuba

Comment here