AraçatubaPlantão Policial

Professora cai no golpe do falso agendamento pelo Poupatempo

Uma professora de 60 anos de idade procurou a Polícia Civil de Araçatuba no último fim de semana após ser vítima de um golpe elaborado por pessoas desconhecidas que dizem agendar serviços do Poupatempo e cobram uma taxa por isso. Acontece que esse tipo de agendamento é de graça.
A declarante, que mora em Nova Luzitânia, informou em depoimento aos investigadores que procurou pela internet para fazer o agendamento no Poupatempo a fim de solicitar a segunda via da carteira de identidade. A mulher encontrou um site que oferecia o serviço de agendamento por R$ 24,90.
Sem desconfiar de nada e ter o conhecimento de que o agendamento é feito de graça no próprio site do Poupatempo, a vítima efetivou o pagamento via cartão de crédito. O suposto agendamento ficou para o dia 16 de novembro. Acontece que ao se dirigir até o local na data marcada, ela tomou conhecimento que não havia sido feita nenhuma marcação e teria sido vítima de um golpe.
Diante da situação, a professora procurou a delegacia para registrar boletim de ocorrência. A Polícia Civil abriu inquérito para dar andamento às investigações. Até o fechamento desta edição, os autores continuavam sem identificação.

POSICIONAMENTO
Por meio de nota, o Poupatempo informou que cerca de 400 casos do tipo já foram registrados em todo o estado de São Paulo somente neste ano. Afirmou, também, que a diretoria do programa está tomando providências jurídicas contra sites que cobram taxas por serviços gratuitos, se aproveitando da boa fé dos cidadãos.
“Os site oficial do Poupatempo é o www.poupatempo.sp.gov.br. Além do portal do Poupatempo, também é possível agendar atendimento e obter informações sobre o programa em seu celular pelo aplicativo SP Serviços”, complementou.

Vitor Moretti
Araçatuba

Comment here