Compartilhe esta notícia!

Um funcionária pública municipal, de 28 anos de idade, procurou a Polícia Civil de Araçatuba na noite de domingo (25) para registrar um boletim de ocorrência contra o próprio pai, um homem de 49 anos, por agressão. O caso aconteceu na residência da família, no bairro Jardim Umuarama.
A vítima contou em depoimento aos investigadores que o pai estava aparentemente embriagado. Ele pediu para que a filha tirasse um aparelho que estava em cima da televisão. A declarante demorou a retirar o objeto, causando bastante nervosismo no autor, que ficou alterado.
Ele passou a discutir com a jovem por conta da desobediência e em determinado momento começou a xingá-la. A briga ficou ainda pior quando o suspeito pediu para que a mulher saísse do imóvel, já que a casa era dele. Foi nesse instante que ele tentou dar um soco em seu rosto, mas acabou atingindo a outra filha mais nova, de apenas 12 anos de idade.
Revoltada, a vítima partiu para cima do pai e o arranhou. O outro filho dele tentou segurá-lo para tentar acabar com a confusão. Mesmo assim, ele conseguiu se desvencilhar e atingiu o rosto da funcionária pública com outro soco, causando lesões na face.
Ela foi embora do local e decidiu procurar a Central de Flagrantes para registrar boletim de ocorrência. A Polícia Civil requisitou exame de corpo de delito à jovem pelo IML (Instituto Médico Legal) a fim de serem constatadas as lesões sofridas durante a ação. Um inquérito foi aberto pelo segundo distrito policial do município que dará andamento às investigações sobre o caso.

Vitor Moretti
Araçatuba


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Araçatuba

Veja também

Banhista morre afogado no rio Paraná

Compartilhe esta notícia!Um homem de 36 anos morreu afogado na prainha de Ilha Solteira na…