Araçatuba

Araçatuba criou 123 empregos com carteira assinada em outubro, revela dados do Caged

Araçatuba terminou outubro com saldo positivo na geração de empregos formais. De acordo com números do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho e do Emprego, divulgados ontem, no mês passado, a maior cidade da região criou 123 postos de trabalho com carteira assinada, consequência da contratação de 1.806 pessoas e demissão de 1.683 nos diferentes setores da economia.
Para o professor e economista Marco Aurélio Barbosa, da FAC-FEA (Faculdade da Fundação Educacional Araçatuba), esse resultado traz expectativas de indicadores ainda melhores para os próximos meses em decorrência do cenário econômico. Ele avalia que o saldo de outubro representa aproximadamente 35% do acumulado nos dez meses passados. No acumulado deste ano, a cidade tem um saldo de 355 empregos formais.
“Com a chegada do 13º salário, novo governo e de expectativas positivas da economia (mercado), o cenário se apresenta benigno e com possibilidades de fechamento positivo em 2018 e entrada favorável em 2019, mantendo resultados positivos”, analisa Barbosa, que é coordenador do Observatório de Economia Regional da FAC-FEA.

PONDERAÇÃO
Entretanto, na análise que considera os últimos doze meses, o saldo é negativo: – 455. Ou seja, entre outubro de 2017 e deste ano, Araçatuba demitiu mais do que contratou. “Portanto, com os resultados de outubro, abre-se uma janela de oportunidade e de possibilidade de mundança na dinâmica do mercado de trabalho local”, destaca.
Barbosa atribui essa situação às dificuldades da indústria de transformação e do setor da construção civil. Nos três comparativos – desempenho em outubro e acumulado no ano e em doze meses -, o resultado de ambos os segmentos foi negativo. Outro setor que apresenta dificuldades é o do comércio. Apesar de outubro ter terminado com saldo de 96 postos de trabalho, o setor apresenta resultado negativo no acumulado do ano e em 12 meses.

VALORIZAÇÃO
Para o professor da FEA, o grande destaque foi o setor de serviços, que, no ano, acumula saldo positivo de 1.330 postos de trabalho. Segundo ele, o resultado evidencia o fortalecimento desse campo na economia local e a consolidação da cidade como polo de prestação de serviços que envolvem segmentos como educação, softwares, gastronomia, saúde, lazer, beleza, entre outros. “É um setor grande da economia e que emprega bastante”, destaca.

BRASIL
Em nível nacional, outubro terminou com 57.733 empregos com carteira assinada criados. No acumulado do ano, o total chega a 790.579 vagas formais de trabalho criadas.

ARNON GOMES
Araçatuba

Comment here