Araçatuba

Município dá início a processo de regularização de parques industriais

Em funcionamento há anos, os parques industriais abrigam empresas e são importantes fontes geradoras de emprego em Araçatuba. Porém, sofrem com a falta de regularização, algo que acarreta dificuldade na realização de mais investimentos e expansão. Para sanar esta situação, a Prefeitura acaba de iniciar uma ação conjunta.
O primeiro dos três distritos a passar por essa medida será o Parque Industrial Maria Isabel Piza de Almeida Prado. Conforme a gestão do prefeito Dilador Borges (PSDB), edital de loteamento foi aberto com o objetivo de regularizar o local. O documento resultou de todo um projeto topográfico do local realizado pelas secretarias municipais de Desenvolvimento Econômico e Relações de Trabalho e Planejamento Urbano e Habitação.
Segundo o município, os trabalhos envolveram ainda a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade e órgãos como a Cetesb e o Cartório de Registro de Imóveis.
Ontem, em entrevista ao jornal O LIBERAL REGIONAL, o secretário de Planejamento, Ernesto Tadeu Consoni, explicou que, transcorrido o prazo de 15 dias iniciado no último dia 24, cada proprietário de lote no Maria Isabel será convocado a se dirigir à Secretaria de Desenvolvimento e apresentar sua escritura. Logo, o setor irá analisar se a documentação está toda em ordem para conceder ao dono a matrícula.
Criado por lei municipal em 1991, o parque tem, atualmente, 27 empresas em operação, além de outras em fase de instalação. O principal objetivo da iniciativa é deixar registrado em cartório que, naquela gleba do município, existe um parque industrial. Com isso, os industriais passarão a ter suas matrículas individualizadas, conforme o assessor executivo da Secretaria de Desenvolvimento e Relações do Trabalho, Celso Amilton Gatto Júnior, em nota encaminhada pela Prefeitura de Araçatuba.

VANTAGENS
Ainda em sua entrevista, Tadeu destacou que uma das vantagens para o proprietário de lote, com a regularização, é a possibilidade de se fazer financiamentos. O município também poderá receber recursos do Estado e da União para obras de infraestrutura. Hoje, na Secretaria de Planejamento, há projetos para pavimentação asfáltica, galerias, iluminação, guia e sarjeta no local, que dependiam da regularização para a busca de verbas.
Já Dilador, na nota encaminhada pela sua assessoria de imprensa, destacou que o edital beneficiará não só os empresários instalados no local, mas toda a região. “Vamos levar toda a infraestrutura necessária ao parque e dar segurança jurídica aos investidores para que empregos sejam gerados”, disse o prefeito.
Os outros dois parques industriais da cidade passarão por processo semelhante posteriormente.

ARNON GOMES
Araçatuba

Comment here