AraçatubaCidades

INVESTIMENTO EM SAÚDE JÁ PASSOU DE R$ 100 MILHÕES ATÉ JULHO

No último dia do mês de julho, nesta terça-feira (31), o prefeito de Araçatuba, Dilador Borges (PSDB), inaugurou mais uma unidade de saúde. Foi a terceira inauguração apenas na saúde, no mês. Antes, ele já havia inaugurado o novo pronto-socorro municipal, com ampliação de serviços e a UBS do Residencial Águas Claras. Este ano, Dilador inaugurou e colocou em operação as unidades de saúde do Pedro Perri e do Residencial Atlântico. Segundo o secretário da Fazenda, José de Lima, o investimento na saúde chegou a 22,87%. O mínimo estabelecido pela legislação é 15%. Durante a inauguração da UBS Dr. Marco Aurélio Pereira, Dilador reforçou o compromisso de “fazer mais com menos”.
No ato inaugural, a secretária da Saúde, Carmem Guariente, destacou os investimentos que estão sendo feitos na área em Araçatuba e enalteceu o comprometimento de toda a equipe da pasta, como também da administração. Citou secretários que estão sempre presentes e dispostos a colaborar. A diretora do Departamento de Assistência Básica Aparecida Nava, destacou o empenho de todos os colaboradores para preparar a unidade. A UBS Centro, que funcionava no Centro de Saúde (Postão), foi transferida para a Rua São Paulo, entre Floriano Peixoto e Almirante Barroso (onde já funcionou o pronto-socorro).
O vereador Márcio Saito (PSDB) citou outros investimentos na saúde feitos pela atual administração e lembrou obras de infraestrutura.
Familiares do homenageado compareceram à solenidade. A viúva Sônia e a filha, Flávia Pereira, falaram durante o evento para agradecer a lembrança.
“Morre o homem, fica o nome”, disse o prefeito Dilador referindo-se ao exemplo de trabalho do doutor Marco Aurélio Pereira. Dilador falou sobre outras recentes iniciativas de seu governo, como as unidades de saúde e o restaurante Bom Prato. O prefeito citou os problemas financeiros com a queda de arrecadação do município, mas disse que todo o governo está empenhado em “fazer mais com menos”.
RECEITA
Os números da saúde de Araçatuba impressionam. De janeiro a julho, o município teve receita constitucional líquida de R$ 299.013.712,34. O município deveria investir no mínimo 15% deste volume, o que representaria R$ 44,852 milhões. No entanto, investir R$ 68.329.194,07, o que representa 22,87%. Ou seja, investiu R$ 23.532.379,16 acima do mínimo constitucional. Com os repasses dos governos estadual e federal, o investimento na saúde chegou a R$ 110.088.037,83. Neste montante estão incluídas as despesas com OS, mandado judicial, folha de pagamento, medicamento, transporte de pacientes e vigilância sanitária.

ANTÔNIO CRISPIM
Araçatuba

 

Comment here