Home Cidades Andradina Prefeitura corta 73 cargos e altera secretarias

Prefeitura corta 73 cargos e altera secretarias

7 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – BIRIGUI

A Prefeitura de Birigui promoveu uma reforma administrativa que alterou sua estrutura, cortou 73 cargos comissionados e promoveu mudanças nas secretarias municipais.
A reforma segue determinação da Justiça e visa melhorar a estrutura do Executivo. Ação Civil Pública promovida pelo Ministério Público em agosto de 2011, apurou, na época, a existência de 309 cargos comissionados no quadro de servidores da Prefeitura de Birigui que não atenderiam critério permitido pela Constituição Federal Brasileira.
Além de cumprir determinação do Ministério Público, o prefeito Cristiano Salmeirão elaborou um projeto de lei com o objetivo de melhorar o atendimento aos moradores de Birigui, adequar vencimentos de alguns cargos e gerar economia ao erário, já que o corte dos cargos comissionados proporcionará uma economia no Executivo de R$ 134 mil por mês.
A reforma visa regularizar nomenclaturas irregulares criadas por administrações passadas, definindo com clareza as atribuições dos cargos de direção, chefia e assessoramento.
Com a mudança passou-se a exigir, como regra, Ensino Superior Completo como escolaridade mínima para que alguém possa ocupar um cargo comissionado nos termos estabelecidos pela Constituição Federal.
A reestruturação também resolveu a situação de servidores da Prefeitura de Birigui que tinham padrão salarial abaixo de um salário mínimo federal.
A Câmara de Birigui aprovou o projeto da reforma administrativa na sessão de 3 de março. A reforma foi publicada no Diário Oficial do Município na quarta-feira, dia 11 de março.

Segundo corte e novas secretarias
Quando assumiu a prefeitura, em janeiro de 2017, Cristiano Salmeirão cortou de imediato 31 cargos comissionados. Naquela época eram 217 cargos comissionados na Prefeitura de Birigui.
Agora, outros 73 foram cortados, passando de 193 para 120 cargos comissionados. Com os cortes desta reforma administrativa a Prefeitura de Birigui passou a contar com um total de 3.345 servidores ativos.
A reforma administrativa também promoveu mudanças nas secretarias municipais. A quantidade passou de 15 para 16. São mais secretarias com menos cargos comissionados. As mudanças visam proporcionar um melhor atendimento aos moradores de Birigui.
Com a reforma, todos os secretários municipais foram exonerados, porém retornarão aos seus cargos. Alguns em secretarias com o mesmo nome, outros em novas secretarias.
Com as alterações, a Prefeitura de Birigui conta agora com as secretarias municipais de: Administração;
Cultura e Turismo; Assistência Social (mudou o nome); Desenvolvimento Econômico (mudou o nome);
Negócios Jurídicos; Planejamento e Finanças (mudou o nome/nova); Tributação e Fiscalização (nova);
Saúde; Educação; Esportes (mudou o nome); Meio Ambiente; Mobilidade Urbana (nova); Obras;
Segurança Pública; Serviços Públicos (mudou o nome) e Governo (nova).

DESPEDIDA DO SECRETÁRIO
O prefeito Cristiano Salmeirão agradeceu ao professor Gilmar Trecco Cavaca, que se desligou da Prefeitura de Birigui na última quarta-feira (11). Na tarde desta sexta-feira (13) ele esteve reunido com o prefeito para se despedir do Executivo. Gilmar pediu exoneração de seu cargo para atuar por sua agremiação partidária, já que estamos em ano eleitoral.
No início da gestão o professor foi nomeado por Cristiano Salmeirão para fazer a gestão da Secretaria Municipal de Saúde. Depois, em um segundo período de trabalho, Gilmar deixou a Saúde e foi nomeado para exercer o cargo de Secretário de Gabinete, atuando diretamente com o prefeito no trabalho diário de atendimento ao público, aos vereadores, aos servidores da Prefeitura de Birigui e das autoridades representativas de entidades e órgãos de classe. “Gilmar foi um ótimo chefe de gabinete. Foi um período muito bom. Ele irá fazer falta na Prefeitura de Birigui. Desejo sucesso nesta nova fase de sua vida”, completou o prefeito.
“Obrigado ao prefeito Cristiano Salmeirão por acreditar no meu potencial. Neste período que passei no Executivo fiz o meu melhor, trabalhei para o município (e para o povo) e saio de cabeça erguida. Saio sabendo que esta gestão está realizando um excelente trabalho para os moradores de Birigui”, comentou Gilmar Trecco Cavaca.

 


Compartilhe esta notícia!