Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Em novo boletim divulgado pela prefeitura de Andradina, a cidade ganhou mais 85 casos de covid-19, elevando o número de infectados para 835. Foram 5 novas mortes em 4 dias, sendo que agora são 17 óbitos na cidade por causa da doença. As informações foram contabilizadas até a última terça-feira, dia 15.

São 11 pacientes internados na cidade, sendo seis em leitos de enfermaria e cinco na UTI. Dos 835 infectados, 711 já estão curados da doença, outros 107 estão em acompanhamento e monitoramento domiciliar.

Foram 546 infectados entre 20 e 49 anos, 197 entre 50 e 79 anos, 73 entre 0 e 19 anos e outros 19 acima dos 80 anos. Outras 284 pessoas ainda aguardam resultados de exames.

Araçatuba

Apenas 13 novos casos de covid-19 foram registrados em Araçatuba nesta quarta-feira, segundo dados da vigilância epidemiológica do município. Nenhuma nova morte foi registrada. São agora 5.686 casos e 134 óbitos.

Foram duas altas de pacientes da cidade na Santa Casa e uma nova internação no Hospital da Unimed, chegando ao número de 37 internados. 13 deles estão na UTI, sendo 6 utilizando respiradores.

Nos dois hospitais da cidade, contabilizando também os pacientes de cidades da região, são 14 internados em UTIs, sendo 10 na Santa Casa e 4 na Unimed. O índice de ocupação de UTIs está em 30,4%. São outras 27 pessoas nas enfermarias, sendo 21 no hospital filantrópico e 6 no particular, com 27,8% de ocupação.

Birigui

O Jardim São Braz, em Birigui, é o bairro com o maior número de infectados pela covid-19 na cidade. Os dados foram apresentados em nova ferramenta disponibilizada pela prefeitura com os dados da pandemia divididos pelos bairros da cidade. Até quarta-feira da última semana, dia 9 de setembro, eram 306 casos no Jardim São Braz, mantendo uma certa folga para o Centro, que aparece em segundo com 202 casos registrados.

Jardim Toselar, com 154 casos; Parque das Nações, com 128; Ivone Alves Palma, com 118; e Jardim Pérola, com 110, completam a lista dos cinco bairros mais atingidos pela covid-19 no município. 17 bairros ainda não havia registrado infectados por covid-19 até a semana passada em Birigui.

A prefeitura divulgou ontem novo boletim com dados gerais atualizados e confirmou 13 novos casos de covid-19, elevando o número de infectados para 2.087 pessoas com 68 óbitos.

Entre os profissionais de saúde foram registrados mais dois casos, subindo para 268 os contaminados. Dois deles morreram.

Na Santa Casa de Birigui são 14 pacientes internados, sendo 5 casos confirmados da doença. No Hospital da Unimed são 4 internados, sendo 3 em enfermaria e 1 em UTI.

Penápolis

A secretaria de saúde de Penápolis anunciou mais 14 infectados pela covid-19 em boletim divulgado nesta quarta-feira. A cidade tem 760 casos e 19 mortes até agora, sendo que há 621 já recuperados, 118 em quarentena e dois internados.

O Hospital de Campanha segue com os mesmos números de terça-feira, com 18 internados, sendo 12 na enfermaria e 6 na UTI. Do total, 11 são de Penápolis e outros sete são de cidades da região.

Lins

Depois de várias semanas, Lins voltou a registrar uma morte por covid-19, elevando o número de infectados para 32. Foram 20 novos casos na cidade nesta quarta-feira, elevando para 2.318 pessoas que já pegaram o novo coronavírus.

O número de casos ativos aumentou para 66. Outras 2.220 pessoas que pegaram a covid-19 já estão curados.

Guararapes

Guararapes registrou um novo caso de coronavírus, chegando a 439 pessoas infectadas e 6 mortes até agora. São 426 recuperados da doença.

Aumentou de três para quatro o número de internados. Um morador de Guararapes foi internado em Araçatuba nesta quarta-feira. Agora são dois na Santa Casa de Guararapes e outros dois em Araçatuba fazendo tratamento contra a covid.

Três Lagoas

Com 43 novos casos, Três Lagoas chegou a 1.703 pessoas que já se contaminaram com o novo vírus. A cidade possui 26 óbitos confirmados por complicações da doença.

São 479 casos ativos e outros 1.198 curados. Já o número de hospitalizados caiu de 22 para 18.

Dentre os internados, 12 estão na UTI, sendo 8 no Hospital Auxiliadora e 4 no Hospital Cassems. A unidade hospitalar pública tem 26,7% de ocupação em sua UTI para covid, enquanto o hospital particular tem 40% de ocupação na mesma ala.


Compartilhe esta notícia!