Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ANDRADINA

O trabalho realizado pela equipe do CAC (Centro de Atendimento Covid-19) recebeu o reconhecimento do Ministério da Saúde do Governo Federal ao receber um recurso de R$ 240 mil para o custeio da unidade.

A Secretaria de Saúde do Governo de Andradina deu uma resposta rápida a pandemia do novo coronavírus, no final de abril com o início da instalação do Centro que atende exclusivamente os andradinenses, um dos primeiros da região, e agora está credenciado pelo Ministério da Saúde.

Atualmente a ocupação de leites está controlada. Segundo dados do último boletim da vigilância epidemiológica, são dois pacientes internados e nove pessoas em acompanhamento da doença. A cidade já teve 144 recuperados e 158 casos, uma das menores taxa de incidência do Estado.

“Levando em conta apenas os números da nossa cidade, Andradina nunca teria saído da faixa verde, porque antes mesmo do Estado nós agimos e decretamos ações que colaboraram para manter, até o momento, a doença sob controle com capacidade hospitalar de mais de 80%. Mas, como fazemos parte da Regional de Saúde de Araçatuba, que estão tendo um alto número de casos, nossa cidade e até a microrregião, acaba sendo impactada”, explicou o secretário de Saúde, Farid Haddad.

O médico diretor clínico da UPA24h, Amyr Zalnierukynas Camilio, que faz parte do Comitê de Enfrentamento ao Covid de Andradina, explica que o Centro é um local específico e seguro de atendimento.

A indicação é para as pessoas procurarem o atendimento médico quando além dos sintomas gripais apresentarem febre persistente ou desconforto respiratório sempre utilizando máscara e tomando os cuidados de higienização.

Na UPA, o Governo de Andradina investe aproximadamente R$ 900 mil de recursos próprios para manter a unidade com profissionais altamente capacitados. Foram também feitos investimentos na melhoria e ampliação das UBSs, com extensão do horário até as 20h.


Compartilhe esta notícia!