Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ANDRADINA

De acordo com a OAB, a Ordem dos Advogados do Brasil, subseção de Andradina, os atendimentos de falta de pagamento de pensão alimentícia aos filhos por parte dos pais separados e os pedidos de divórcio foram os mais procurados na cidade, até o momento, durante a pandemia.

A afirmação foi feita pelo presidente da OAB local, Renato Gonçalves, em entrevista exclusiva concedida esta semana ao SRC. De acordo com ele, a falta de provimento alimentar é o carro chefe de atendimentos. “Houve um aumento muito grande em relação aos divórcios, as separações, é o carro chefe de todo o atendimento em relação ao judiciário é a busca pelo recebimento de alimentos. Aqueles que não conseguem receber os alimentos, o desemprego trouxe também um aumento muito grande no inadimplemento do cumprimento das obrigações alimentares por aqueles que não estão com a guarda dos filhos, então esse também houve uma demanda muito grande”, afirmou o advogado sem citar números.

O atendimento na sede da OAB está acontecendo às segundas e quartas-feiras, das 8h às 12h e das 14h às 17h. Segundo o presidente da entidade em Andradina, todas as medidas de saúde estão sendo adotadas para que as pessoas que precisam de atendimento fiquem seguras. Ele afirmou também que não deixará de atender pessoas que, porventura, estiverem sem máscara, já que o local já possui máscaras descartáveis para fornecimento. “Aqui, nós temos na casa, máscara, álcool em gel, distanciamento físico. Inclusive se alguém da população comparecer sem máscara nós podemos fornecer uma máscara, é descartável, pra que o uso seja feito e ocorra o atendimento. Nós não deixaremos de atender ninguém por esta circunstância, porém nós temos que respeitar todas as determinações da saúde”, disse.

As pessoas que necessitarem de atendimento na OAB, deverão comparecer pessoalmente à Casa de Advocacia e Cidania, nas segundas e quartas, na rua Paraná, 805, no bairro Stella Maris. É necessário portar todos os documentos que sejam de interesse da ação proposta ou de defesa. O telefone para dúvidas é o (18) 3722-2267.

O trabalho está sendo feito, no momento, apenas pelo próprio presidente da entidade no local. “Por enquanto esse trabalho está sendo executado exclusivamente pela minha pessoa, enquanto presidente da OAB. Até porque a triagem que é realizada por um grupo de advogados que é rotativo. É um acordo entre a Defensoria Pública, a OAB, então a prestação de serviço nessa rotatividade da triagem está suspenso”, informou.

Atualmente, a subseção da OAB Andradina possui cerca de 400 inscritos. Em todo o estado, a OAB SP forma o maior colégio do país, com mais de 466 mil advogados inscritos.

Judiciário volta em agosto

O presidente da OAB Andradina, Renato Gonçalves, comentou que o setor judiciário retomará gradualmente suas atividades a partir do dia 10 de agosto. “Essa volta vai ser gradativa respeitando as normas do Estado de São Paulo, como o nosso governador João Dória coloca aí cada região, Andradina voltou a entrar em uma região laranja, que isso permite, então todos os fóruns do estado de São Paulo vão voltar gradativamente de acordo com as regiões da secretaria de saúde do estado”. (Colaborou Gustavo Trevisan)


Compartilhe esta notícia!