Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ANDRADINA

A Fundação Educacional de Andradina, buscando uma readaptação por conta da pandemia do novo coronavírus, vai realizar o primeiro vestibular para o novo curso de direito da unidade de forma digital. Os alunos inscritos poderão fazer a prova pela internet no próximo sábado, dia 18 de julho, a partir das 14h.

Segundo o coordenador do curso de direito da Fundação, Edilson Gomes da Silva, a intenção é iniciar as aulas do curso já no mês de agosto, conforme fala concedida no final de maio à reportagem do SRC.

São ao todo 60 vagas para o período noturno, com a possibilidade de ampliação de vagas para o período diurno. “É uma alegria muito grande nós podermos abrir este curso efetivamente e queremos iniciar as aulas a partir de agosto, esta é a nossa programação. Inicialmente vamos disponibilizar 60 vagas para o período noturno, e conforme o andamento do curso nós também pretendemos abrir vagas para o período matutino, mas inicialmente só para o período noturno”, disse o coordenador.

Edilson explicou à reportagem do SRC que, além do vestibular, o aluno poderá ingressar no curso por outras formas. “Tem também a possibilidade de ingressar no curso de direito por meio da nota do Enem, e aí nem faz o vestibular. Outra possibilidade é que já tem curso superior. Se ela já tem um curso superior também ingressa direto, não precisa passar pelo vestibular”, afirmou o coordenador, que também lembrou a possibilidade de transferência de alunos que estão cursando o primeiro ano de direito em faculdades de Três Lagoas e Araçatuba sem a necessidade do vestibular. “Vale a pena entrar em contato para pedir informações sobre transferências também. Nosso curso será totalmente presencial e isso é um grande diferencial”, informou.

O coordenador Edilson Gomes da Silva explicou em sua fala à reportagem que tem uma grande preocupação na formação do corpo docente, já que sua intenção é levar a melhor qualidade possível de ensino para os alunos. Ele, inclusive, confirmou alguns nomes que farão parte do corpo docente. “Nós não queremos que esse curso de direito seja apenas para formar e entregar um diploma, nós queremos que o aluno passe na prova da OAB, tenha condição de participar de concursos. Tenho mestrado, tenho uma experiência de 15 anos lecionando, teremos o promotor de justiça Dr. Robson (Alves Ribeiro), da Vara da Infância e da Juventude e da 3ª Vara de Andradina; Dr. Fábio Nunes (advogado especialista em direito médico), que está fazendo doutorado em Bauru, e alguns outros professores que estamos ajustando”, contou.

As informações sobre inscrições podem ser obtidas pelo telefone (18) 3702-3702 ou pelo whatsapp (18) 99664-4363. O prazo para inscrições vai até o dia 17 de julho, sexta-feira, um dia antes do vestibular digital.

Curso aprovado pelo MEC em março

A portaria da Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior, do MEC, autorizando a instalação do curso, foi publicada no Diário Oficial da União do dia 5 de março de 2020.

Inicialmente, o vestibular havia sido marcado para o final do mesmo mês e as aulas começariam em abril, porém os planos foram adiados por conta da pandemia do novo coronavírus.

FEA na história de Andradina

Criada em 1969, a Fundação Educacional de Andradina consolidou-se como instituição de ensino profissionalizante formando técnicos em várias áreas, com destaque parta eletrônica, eletrotécnica, auxiliar de enfermagem e outros.

A primeira faculdade foi a Escola Superior de Educação Física (Esefa). Depois vieram a Medicina Veterinária, Agronomia e Serviço Social. Agora, o curso de Direito será uma nova opção para o ensino superior.


Compartilhe esta notícia!